Japão Notícias notícias do Japão Tecnologia

Sora-Q: robô japonês inspirado nos Transformers fará missão lunar

Fabricante de brinquedos criou uma solução para exploração lunar em parceria com a JAXA, Sony Group e Doshisha University. Confira

Uma companhia japonesa de brinquedos, a Takara Tomy Ltd. desenvolveu em parceria com outras instituições o Sora-Q, robô japonês para exploração lunar inspirado nos Transformers (personagens criados pela Hasbro Studios).

O projeto começou em 2015 quando a JAXA (Japan Aerospace Exploration Agency) fez uma solicitação para que empresas do país desenvolvessem soluções para robôs de exploração para missões e projetos futuros em parceria com o setor privado.

Robô Sora-Q desenvolvida pela Takara Tomy Ltd. será enviado ainda no ano fiscal de 2022 para missões lunares comerciais
Robô Sora-Q desenvolvida pela Takara Tomy Ltd. será enviado ainda no ano fiscal de 2022 para missões lunares comerciais

Foram necessários seis anos para desenvolvimento desse artefato singular na exploração espacial. O design do Sora-Q foi proposto por Kenta Hashiba, um colaborador da Takara Tomy de 37 anos que estudou engenharia espacial na universidade.

Após quatro anos de pesquisa entre a Takara Tomy Ltd. e a JAXA, novos colaboradores privados entraram em 2019 para agregar com pesquisa e tecnologia, a Doshisha University e a Sony Group (6758.T).

Transformer lunar

Quando a Takara Tomy decidiu fazer parte do grupo de empresas que participariam da exploração espacial, Kenta Hashiba pensou imediatamente nos bonecos Transformers da Hasbro Studios, como o personagem Optimus Prime, líder dos Autobots.

Ciente de que robôs pequenos e leves são preferíveis para a exploração espacial, Hashiba começou a pensar em como desenvolver um dispositivo que atenda a esses requisitos, que seja resistente e com boa capacidade de locomoção, controle e manobrabilidade.

O solo lunar apresenta uma característica complicada para robôs: areia. Yosuke Yoneda, um colaborador de 61 anos que ajudou a desenvolver o Sora-Q contou em entrevista ao Science & Environment News Department: “Foi incrivelmente difícil encontrar uma forma para que o robô se movesse na areia fina”.

Embora inspirado nos personagens de Transformers, o Sora-Q se assemelha muito ao dróide BB-8 da última trilogia da franquia Star Wars
Embora inspirado nos personagens de Transformers, o Sora-Q se assemelha muito ao dróide BB-8 da última trilogia da franquia Star Wars

E prosseguiu: “Crianças usam brinquedos de forma inesperada, por isso precisamos tornar nossos brinquedos resistentes. Também acho que só conseguimos desenvolver algo que funcionará­ na Lua por já termos um know-how acumulado.

A solução encontrada pela equipe para que o pequeno e leve robô se movimente até mesmo na areia fina do solo lunar foi fazer com que as duas rodas da Sora-Q sejam independentes como demonstrado no vídeo acima.

Do tamanho de uma bola de baseball

O pequeno explorador espacial Sora-Q (‘Q’ de Question) foi projetado em um sistema de quatro parceiros, em outras palavras, a Sony Group desenvolveu a tecnologia de controle do robô, a JAXA desenvolveu a tecnologia aplicada ao programa espacial, enquanto Takara Tomy e a Doshisha University miniaturizaram a tecnologia.

Com 8cm de diâmetro e 250g, o Sora-Q é ideal para exploração espacial, apesar do problema da bateria e do lixo espacial
Com 8cm de diâmetro e 250g, o Sora-Q é ideal para exploração espacial, apesar do problema da bateria e do lixo espacial

O resultado foi um pequeno robô de 8cm de diâmetro pesando 250g. Apesar de pequeno, SORA-Q é equipado com câmeras e pode enviar imagens para a Terra em um intervalo de uma a duas horas.

O robô japonês é ideal para exploração espacial, pois é pequeno e leve, mas não é possível recarregar a bateria desse dispositivo, portanto, permanecerá na Lua após a conclusão de sua missão. Em outras palavras, se tornará lixo espacial.

Desenvolvedores da Takara Tomy Ltd. com Kenta Hashiba  (canto superior direito) e Yosuke Yoneda (centro abaixo)
Desenvolvedores da Takara Tomy Ltd. com Kenta Hashiba (canto superior direito) e Yosuke Yoneda (centro abaixo)

Seu ponto positivo é a resistência da estrutura esférica ao aterrissar e sua manobrabilidade é eficiente graças ao design irregular. A missão deverá contar ainda com outros dois robôs, o SLIM e o HAKUTO-R.

Missão lunar comercial do Japão

A missão lunar comercial do Japão deverá acontecer até o final do ano de 2022 e contará com outras tecnologias para que o Sora-Q chegue em segurança ao seu destino, a cratera Shiorino Mar de Nectaris.

Os pequenos Sora-Q serão transportados dentro do SLIM, veículo lunar que descerá no Mar de Nectaris e desembarcará os exploradores desenvolvidos Takara Tomy Ltd. O SLIM será lançado junto ao foguete H-IIA de fabricação da Mitsubishi Heavy Industries (7011.T).

Outra missão que está dentro dessa agenda da JAXA é a viagem da sonda lunar HAKUTO-R que transportará tanto o Sora-Q, quanto o rover desenvolvido pelo MBRSC (Mohammed bin Rashid Space Center) dos EAU (Emirados Árabes Unidos).

A sonda HAKUTO-R foi desenvolvida pela startup japonesa ispace Inc., deverá ser lançada antes mesmo da SLIM em 2022 e carregará sete cargas para a Lua. Será a primeira missão de exploração comercial do Japão.

Leia também

Corrida espacial 2.0

Na disputa pela corrida espacial 2.0, os países mais ricos do mundo estão presentes e investindo pesadamente, alguns estão na liderança como os EUA que foram os primeiros a alcançar Marte.

Plano de chegada da sonda lunar SLIM na cratera Shiori no Mar de Nectaris
Plano de chegada da sonda lunar SLIM na cratera Shiori no Mar de Nectaris

Porém, a China vem demonstrando uma forte musculatura de seu programa espacial ao enviar sondas para o lado escuro da Lua, retorná-las com solo lunar, também enviar uma sonda para o planeta vermelho e lançando sua própria estação espacial, a Tiangong.

Diferente da primeira corrida espacial, sua nova versão conta com participantes privados como a SpaceX e Relativity Space. Arábia Saudita e EAU têm planos audaciosos para o futuro, enquanto o Irã possui grandes capacidades para um programa espacial.

Após desprenderem do transportador SLIM, Sora-Q se comunicará com a Terra em um delay de uma a duas horas por intermédio do robô LEV-1 que ainda não recebeu um nome de batismo
Após desprenderem do transportador SLIM, Sora-Q se comunicará com a Terra em um delay de uma a duas horas por intermédio do robô LEV-1 que ainda não recebeu um nome de batismo

A JAXA e a NASA ainda são parceiras no projeto Artemis. Estados Unidos e Japão deverão construir uma base orbital na Lua com outros parceiros privados e outros estados. A JAXA está cada vez mais robusta e até abriu vagas para novos astronautas.

A exploração espacial será uma realidade cotidiana em um futuro não muito distante e ela mudará a forma como a humanidade viveu até agora. O Japão é uma grande potência tecnológica que trata avanços significativos para a nova realidade espacial.

0 comentário em “Sora-Q: robô japonês inspirado nos Transformers fará missão lunar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: