Primavera no Japão
Japão Sociedade Turismo

Primavera no Japão: beleza da efemeridade e o renascimento das coisas

A primavera no Japão é uma das estações do ano mais aguardadas com simbolismo profundo em relação a transitoriedade da vida.

A primavera no Japão é uma das épocas do ano mais bonitas e aguardadas. Marcado pelo clima agradável para fazer atividades fora de casa, a paisagem se enche de sakura e outras flores como glicínias, azaleias, botão de ouro persa e outras espécies belíssimas.

Flor de botão de ouro persa

É possível provar a primavera com os cinco sentidos e de todas as formas. A atmosfera fica inundada de um sentimento de renascimento e da beleza da efemeridade.

Saindo do viés filosófico, essa época é uma das que mais atraem turistas por causa do florescimento das flores de cerejeira, que é celebrada com festivais de piqueniques ao ar livre imperdíveis.

Primavera no Japão

Lanterna japonesa pendurada

A primavera no Japão começa no mês de março e dura até maio. No mês de abril é a época do começo das aulas dos estudantes e por isso é uma época em que a energia é de novos começos.

Apesar do ano do calendário solar começar em janeiro, no Japão, a sensação é de que o ano só começa mesmo nessa época de renascimento e transição para próximas etapas.

Florescimento das sakuras (flores de cerejeira)

A grande estrela da primavera são as sakuras. O país fica enfeitado com centenas de árvores de diferentes espécies, colorindo a paisagem com vários tons de rosa.

No final da estação, as ruas são tomadas por pétalas de sakura que fazem tapetes suntuosos e belos mostrando a transição.

Tapete de pétalas de flores de cerejeira sakura da primavera no

As flores de cerejeira florescem e em poucos dias (1 semana) já caem. Então, são pequenos momentos em que elas podem ser vistas em seu potencial máximo, para depois já morrer.

Este é o espírito que marca a primavera no Japão e pode traduzir um sentimento coletivo em como os japoneses pensam em sociedade.

Beleza transitória das coisas

A flor de cerejeira é considerada flor nacional não oficial por representar parte do espírito japonês e do identitarismo cultural. Para quem não sabe, a flor oficial é o crisântemo.

Seu florescimento tão aguardado não dura duas semanas, mas é aproveitado em sua totalidade.

Pétalas de sakra

Então, acaba sendo o símbolo da passagem do tempo, da beleza transitória das coisas. É o fim da algo para começo de outra coisa, tão bonita quanto.

Uma porta fecha e outra abre. Algo morre e outra nasce e assim por diante.

Enquanto observa a beleza das flores, tudo incita para uma reflexão sobre a vida, aceitando que as coisas começam e terminam, independente da vontade. A natureza tem seu próprio ritmo.

Assim é a vida, nascemos bebês, nos encaminhamos para a vida adulta, experimentamos nosso auge e aos poucos vamos nos tornando velhos até o fim de um ciclo.

As flores sakuras são tão bonitas e nos lembram que é preciso aproveitar a beleza enquanto ela está ali, pois as coisas mudam. Da importância de viver o agora.

Primavera no Japão é celebração

Além do significado profundo, da beleza do transitório, do renascimento e da esperança, a primavera no Japão é tempo de celebrar a vida com amigos, familiares e colegas.

O clima é festivo familiar, muito agradável para estar no Japão.

Tempo de novos começos

É uma ótima época para começar projetos novos com otimismo e esperança para novos rumos.

Como é a primavera no Japão?

Para começar, o clima da primavera tende a ser frio durante o dia e gelado a noite nos dois primeiros meses.

No último mês em maio, as temperaturas se elevam para ficar ameno na parte da tarde e frio após o entardecer.

Estas épocas são agradáveis, pois o clima fica aberto e com sol. Perfeito para fazer passeios do lado de fora e aproveitar o Hanami, festival Kana Matsuri, Golden Week e Hinamatsuri.

Yozakura

Iluminação de led noturna junto com flores de cerejeira do lago Sagamiko
Iluminação de 6.000 leds junto com flores de cerejeira do lago Sagamiko no resort Sagami em 2021. Evento Yozakura da primavera no Japão

De noite não perca o yozakura, observação da sakura após o entardecer.

A melhor dica é sempre levar um casaco, mesmo em tempos quentes, pois a noite sempre esfria.

Esta mudança de temperatura costuma ser brusca, para os mais friorentos tenha um cobertor de pernas, se for esticar o piquenique.

Além disso, chegue bem cedo no Hanami para conseguir um lugar bom, pois os parques ficam lotados.

Sakura vira estrela da culinária

Espere ver muitos produtos e comidas feitos com flores de cerejeira para aproveitar a época ao máximo.

Muitos deles são sazonais, ou seja, são vendidos apenas por tempo limitado e de forma exclusiva. Todo mundo entra na onda e vende alguma coisa temática.

Dentro das casas, receitas com sakura são feitas e os ingredientes sazonais entram na lista do supermercado.

Leia também

Páscoa no Japão: como se comemora e o que fazer

Confira 10 doces Sakura sazonais que deveriam ser vendidos sempre

Receita de bolo de rolo de morango da primavera japonesa

Ingredientes da primavera no Japão

Os ingredientes da primavera no Japão mais populares são os morangos, sakura, o bambu (takenoko), as frutas cítricas em geral, repolho, aspargo, batatas shinjagaimo, sora mame (ervilha), asari (ostra), sawara (cavalinha), hamaguri (molusco), shirasu (peixe miúdo), tai (pargo vermelho).

Comidas da primavera no Japão

Muitas preparações se tornam comuns na primavera no Japão, entre tantas opções recomendamos o ichigo daifuku, gelatinas de sakura, bolo de rolo de morango, takenoko (brotos de bambu), chirashizushi (tigela com arroz e frutos do mar sashimi), além de provar todos os produtos de sakura que puder.

0 comentário em “Primavera no Japão: beleza da efemeridade e o renascimento das coisas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: