Japão Notícias notícias do Japão Tecnologia

Konoike Transport desenvolve primeiro armazém automatizado do Japão

Projeto pioneiro trará mudanças significativas no setor de logística. Saiba mais

A empresa japonesa de logística Konoike Transport Co. Ltd. (9025.T) em parceria com a Osaro Inc., empresa estadunidense especializada no desenvolvimento de IA para o setor industrial criaram o primeiro armazém automatizado do Japão.

Armazém automatizado do Japão

O projeto piloto que já está em fase de testes em um armazém operado por robôs móveis autônomos e robôs de coletas otimizados foi idealizado pela KITIC (Konoike Institute of Technology Innovation Center).

Robô coletor (esquerda) seleciona um produto e o deposita em uma embalagem no robô móvel autônomo (direita)
Robô coletor (esquerda) seleciona um produto e o deposita em uma embalagem no robô móvel autônomo (direita)

Os robôs de coleta foram equipados com avançados sistemas de visão integrados com uma inteligência artificial arquitetada pela Osaro Inc.

Graças a ela, os coletores são capazes de separar e alocar produtos reconhecendo os diferentes tipos e formatos das embalagens em disposições aleatórias no armazém.

E-commerce e pandemia

A ideia de criar um armazém capaz de se autogerir de forma automatizada surgiu por causa dos efeitos da pandemia de COVID-19 na logística econômica. Por causa das contaminações de funcionários do setor, a cadeia de fornecimento global sofreu uma forte disrupção.

Além das contaminações dos profissionais que operam o setor logístico, essa disrupção aconteceu pelo crescimento exponencial do comércio virtual na sociedade que, por motivos de restrições sanitárias, tiveram ou optaram por consumir via e-commerce.

As restrições de movimento geradas pela crise sanitária de COVID-19 fizeram o consumo via e-commerce aumentar vertiginosamente no Japão e no mundo
As restrições de movimento geradas pela crise sanitária de COVID-19 fizeram o consumo via e-commerce aumentar vertiginosamente no Japão e no mundo

Para evitar novas quebras na cadeia de fornecimento interno e externo, o projeto piloto do armazém automatizado da Konoike em parceria com a Osaro será testado para comprovar a capacidade de movimentar o inventário, de acordo com a ordem estabelecida.

Pode soar simples, contudo, são múltiplos robôs automatizados interagindo em conjunto, realizando múltiplas funções para criar soluções para cumprir a operação planejada pelos operadores do sistema.

Digitalização do trabalho

O atual modelo econômico mundial tem uma particularidade nociva ao próprio comércio. Com a transferência das bases industriais dos países desenvolvidos para países em desenvolvimento, a cadeia de suprimentos global fica muito vulnerável.

Isso ficou claro durante os primeiros meses da pandemia de COVID-19 quando os países mais ricos não tinham EPIs (equipamento de proteção individual) para oferecer para seus profissionais de saúde ou equipamentos básicos de saúde.

O robô de coletas é capaz de identificar diversos itens por seu formato, se é frágil ou não, se possui irregularidades, etc
O robô de coletas é capaz de identificar diversos itens por seu formato, se é frágil ou não, se possui irregularidades, etc

Também ficou claro a fragilidade que a cadeia logística global foi afetada com muitos operadores logísticos contaminados e permanecendo longos períodos afastados de seus postos de trabalho.

A solução de automatizar o setor logístico afetará milhares e talvez milhões nos próximos anos, contudo, para sustentar o crescimento econômico e atender as demandas da sociedade, esse tipo de crise não pode acontecer mais.

Leia também

Parceria de sucesso

Ao anunciar o primeiro armazém automatizado do Japão, Tadatsugu Konoike, diretor executivo sênior da Konoike Transport Co. Ltd. afirmou: “Estamos honrados em sermos os primeiros a conduzir uma apresentação com os protótipos da Osaro para robôs móveis autônomos e robôs de coletas”.

E continuou: “Optamos por trabalhar com a Osaro porque acreditamos que ela é superior para rápidas mudanças no campo logísticos em termos de learning-machine, coleta de dados e conduzir coletas com precisão”.

Tadatsugu relembrou que o Japão enfrenta uma grave falta de mão de obra por causa da baixa taxa de natalidade e envelhecimento da população. O CEO da Osaro Inc., Derik Pridmore também comentou sobre o parceiro japonês.

“Estamos entusiasmados na parceria com a Konoike e com a inVia para demonstrar uma combinação única de robôs móveis autônomos da inVia e os robôs de coleta. O sistema que criamos é um exemplo de um sistema preciso, modular, flexível e compatível com brownfields*”.

*Brownfield: termo para definir instalações comerciais e industriais abandonadas, ociosas ou subutilizadas.

0 comentário em “Konoike Transport desenvolve primeiro armazém automatizado do Japão

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: