Inflação no Japão faz custo de vida ficar alto
Economia no Japão

Inflação no Japão faz 80% economizar com comida

A inflação no Japão está fazendo com que as pessoas recuem em seu orçamento familiar cortando custos na alimentação.

A inflação no Japão está afetando o orçamento familiar de forma pesada, segundo reportagem do Mainichi Shimbun. Segundo uma pesquisa divulgada pelo jornal japonês, 80% estavam cortando custos.

A Sumitomo Life Insurance Co. Conduziu uma pesquisa online entre os dias 5 a 7 de outubro e obteve respostas de 5,005 pessoas ao redor do Japão com idades entre 20 a 60 anos.

Despesas aumentaram com inflação no Japão

Preços dos alimentos está alto no Japão deixando o orçamento apertado

Por conta da inflação e o aumento dos preços, as pessoas estão sentindo pesar no bolso. As despesas aumentaram e por isso elas estão economizando e cortando custos (79,2%).

A pesquisa mostrou que as pessoas estão tentando gastar menos, primeiro com alimentação (42,6%), depois com viagens e lazer (36,3%).

Os homens priorizam economizar no gasto com hobbies (22,3%) e estão tirando dinheiro da poupança (21,2%).

Já as mulheres mudaram seus hábitos de consumo com compra de roupas (32,9%), cosméticos e produtos de beleza (28,3%).

16% das famílias afirmaram que tiraram seus filhos de aulas extras da escola para economizar dinheiro. 22,1% diminuiu os gastos com estudos. Para ter ideia, a média de gasto com aulas fica por volta de 25,700 ienes.

O Japão não é um país que está acostumado com aumento de preços de comida e outros itens em geral. Por anos, o problema era justamente a deflação.

Leia também

Em setembro houve um aumento de preços foi de 2,3% ano, segundo dados do Ministério de Assuntos Internos e Comunicações divulgados pelo The Economist Group. Foi o quarto aumento consecutivo.

O gasto médio das casas fica entorno de 280,999 ienes, um nível abaixo dos registrados pré-pandemia. 9,6% em comparação com o mesmo mês de 2019.

O gasto com álcool caiu 51,5%, viagens 54,4% e alimentação fora de casa 19,5% em comparação com três anos atrás.

Uma das medidas do governo que está segurando a economia é o fortalecimento do orçamento das famílias com pacotes de estímulo.

No dia 28 de outubro foi liberado 7.6 trilhões de ienes para estimular a demanda doméstica particular. Além disso, está sendo veiculado ações promocionais estimulando as pessoas a viajar, fazer compras e jantar fora.

0 comentário em “Inflação no Japão faz 80% economizar com comida

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: