Botaoshi
Cultura Esportes História Sem categoria Sociedade

Bo-taoshi: entenda tudo sobre este esporte japonês

Aprenda o que é botaoshi, origem, regras e tradição deste esporte pouco compreendido fora do Japão

Bo-taoshi é um esporte japonês que inicialmente ficou famoso através de vídeos espalhados pelo YouTube. A dinâmica apesar de parecer não fazer sentido algum, tem suas regras, desafios e existe uma organização.

É o esporte anual da Academia Nacional de Defesa do Japão e também praticado tradicionalmente em algumas escolas e universidades de forma adaptada

Seus embates são esperados ansiosamente, pois é muito divertido e empolgante de assistir. Continue lendo e aprenda mais sobre o Bo-taoshi.

Bo-taoshi: o que é, como jogar e regras

Botaoshi
Partida da Academia Nacional de Defesa do Japão dos cadetes

Bo-taoshi ou botaoshi, a romanização dos kanjis japoneses fica assim mesmo, o que importa é a fonética.

O esporte tem como objetivo testar a defesa e ataque entre dois times em campo com demonstrações de trabalho em equipe, força, estratégia, agilidade e coragem.

Partida da Academia Nacional de Defesa do Japão

Regras: 300 pessoas em campo em 2 times de 150 (75 na defesa e 75 no ataque)

Times entrando em campo para jogar botaoshi no Japão
Partida da Academia Nacional de Defesa do Japão

Os dois times somam 300 pessoas em campo e devem agir em conjunto para conseguir derrubar o mastro principal de cada um por pelo menos 3 segundos, que deve ficar em posição vertical. Tudo no menor tempo e quem fizer primeiro vence.

Cada ‘’partida’’ dura em média 90 segundos (alguns relatos apontam ‘’partidas’’ de 2 minutos), se ninguém conseguir derrubar o mastro, começa a segunda rodada. É rápido e intensivo.

Ataque

Portanto, os ataques e defesas ocorrem de forma simultânea para os dois times. O mastro mede em média de 3 a 4 metros de altura e deve ser derrubado.

Mastro do botaoshi

Para tal tarefa, cada time se divide em dois grupos diferentes de 75 pessoas para defender a atacar ao mesmo tempo.

Posição defensiva do botaoshi

Início partida Botaoshi - defesa pronta para ataques
Time de defesa preparada para defender o mastro em cerimônia anual da Academia Nacional de Defesa do Japão

Basicamente as pessoas são separadas em 5 funções defensivas dentro do esporte bo-taoshi. São identificados pela roupa de cor branca.

Toda a estrutura defensiva em volta do mastro deve ficar em 27 diâmetros a partir do centro e não deve se espalhar. Eles agirão como uma unidade organizada.

Base: segurar o poste em pé

Existem os que precisam trabalhar para segurar o mastro em pé, ou seja, devem servir de suporte na base para que ele não caia. Eles ficam no meio e ficam sentados ao centro. Geralmente são 4 pessoas.

Primeira barreira humana

Estas pessoas devem servir de barreira, tanto para quem segura o mastro na base, quanto para impedir que ataques cheguem ao topo para tentar derrubar.

Barreira adicional ativa

Outra barreira tem como objetivo agir de forma mais ativa e não deixar ataques ultrapassarem e chegar no primeiro nível e topo.

Impedidores de ataques

Outro time tem como objetivo direto em impedir ativamente ataques de pessoas que tentem subir no mastro e passar as barreiras de forma ativa.

Saru

Essa pessoa é crucial e deve ficar firme no topo do mastro, repelindo e defendendo sua posição, além de ter que se equilibrar para deixar o mastro firme fazendo contrapeso se alguém tentar puxar para baixo. Em tradução do japonês, saru é macaco.

Posições de ataque do botaoshi

Ataque Botaoshi

A posição de ataque do botaoshi é dividido basicamente em três grupos distintos que tentam fazer de tudo para conseguir atingir o objetivo final dentro de suas próprias missões.

Ataque nas barreiras – os puladores

Ataque botaoshi
Partida na Academia Nacional de Defesa do Japão

Estas pessoas devem tentar se desvencilhar das posições defensivas e conseguir chegar até o mastro. São aqueles que a gente vê nos vídeos pulando e saltando em ataques coordenados para chegar aos principais níveis de defesa mais ao centro, como os que sustentam e defendem a base.

Ataque ao saru

O principal objetivo é derrubar o saru que fica no topo. Estas pessoas saltarão e tentarão agarrar o saru a qualquer custo enquanto as pessoas se aglomeram aos seus pés. Ele também tentará fazer o mastro cair colocando o peso de seu corpo para baixo.

Membro do time tenta derrubar o mastro
Integrante do ataque age em conjunto para fazer peso com o corpo para derrubar o mastro em partida da Academia Nacional de Defesa do Japão

Ataques de suporte

Será as pessoas que ajudam os times de ataque a barreira, ao saru e ao mastro. Eles criam distrações, podem servir de apoio e ajudam de alguma forma.

O que pode fazer no botaoshi

Apesar de parecer que vale tudo, não é bem assim. Esse esporte é de contato direto onde empurrões com pés, mãos ou corpo são permitidos, assim como agarrar e segurar.

O intuito não é ferir a outra pessoa, mas conseguir desvencilhar e afastar.

Portanto, a força é medida de forma controlada e não à toa, como muita gente pode pensar. Não é uma pancadaria descoordenada, mas com objetivos. Ninguém bate no outro com maldade.

Afinal, esse esporte tem como objetivo ensinar espírito de equipe, pois ninguém consegue fazer nada sozinho, são times que devem agir em conjunto.

Companheiros de time dão suporte com suas costas para que os outros subam, por exemplo.

Claro, acidentes podem acontecer, assim como eventuais chutes e socos, mas oficialmente isso não é permitido.

O que não pode fazer no botaoshi

Chutar e socar com força não é permitido no botaoshi e fazer isso pode causar punição para o time. Lembrando que pode empurrar com os pés e mãos para defender a posição.

Se ocorrer 3 faltas, o time perde automaticamente a partida. Portanto, violência não é uma estratégia válida.

Regras para ganhar

A regra do botaoshi é derrubar o mastro em um ângulo de 30 graus antes do outro time. Então, quem conseguir esta tarefa primeiro será o vencedor dentro do tempo estabelecido.

Já as regras do botaoshi quando aplicadas nas escolas acabam variando. Alguns desenvolvem medidas de segurança próprias com o que é aceito ou não.

Na Academia Nacional de Defesa do Japão, estas regras e modo de jogar costumam ser as descritas neste texto.

Equipamentos e medidas de segurança

O esporte bo-taoshi é bem extremo apesar de ter regras e o objetivo não ser machucar o outro. Muitas vezes, acidentes acontecem em meio à confusão.

Para evitar que isso ocorra, algumas medidas são adotadas em relação a vestimenta.

Os grupos devem obrigatoriamente usar protetores de cabeça, rosto e joelho para evitar fraturas e cortes. Além disso, todo mundo pratica o esporte descalço.

Estratégias

Apesar de parecer um esporte muito doido, existem estratégias adotadas em cada time usando as funções de defesa e ataque.

Nesse esporte, além dos times terem que ter um modo de agir, quesitos são colocados a prova. Por exemplo, trabalho em equipe, cooperação, liderança, resistência e coragem podem ser testados.

Uma das estratégias mais adotadas é tirar o saru do topo, dessa forma o mastro fica vulnerável para que uma pessoa suba e faça peso para derrubá-lo e conseguir o ângulo de 30 graus.

Quem pode participar do botaoshi e onde ver

Esse esporte japonês radical é praticado pela Academia Nacional de Defesa do Japão desde 1954.

É um exercício de treinamento entre os batalhões e pode ser visto anualmente em uma cerimônia onde novos cadetes são aceitos.

Esse evento costuma acontecer em meados de novembro, mas pode mudar. Quem participa são os cadetes.

Quatro batalhões se enfrentam para deleite de amigos e familiares. Muitos vídeos na internet são destas cerimônias quando vemos 4 times de cores diferentes em ação.

No entanto, é um esporte praticado de forma adaptada em algumas escolas e universidades em ocasiões especiais, como dia do esporte e alguns feriados.

Partida em escola japonesa

Esses eventos costumam ser divulgados nas escolas que o botaoshi ainda é praticado (explicamos no tópico abaixo dos acidentes) e dentro das comunidades.

Então, não é um evento turístico que possa ser agendado. Se estiver pelo Japão no dia de aniversário da Academia Nacional de Defesa pode ser que consiga ver.

Acidentes acontecem?

Alguns efeitos colaterais do embate físico acontecem apesar das regras, como todo esporte de contato.

Também deve-se considerar que apenas em 2005 esse tipo de relatório começou a ser feito, mas somente nas escolas.

Os acidentes mais comuns são pequenos cortes, hematomas e às vezes sangramentos nasais. As enfermarias podem acabar com estudantes que precisam de gelo e curativos.

Raramente acontece algo mais sério, como fraturas ou concussões e esse tipo de acidente é considerado raro, mas ainda assim pode ocorrer. Por causa disso algumas escolas abandonaram sua prática ao longo dos anos.

Segundo um voluntário do festival e ex estudante da escola Kaisei Gakuen, Satoshi Matsumoto, contou a reportagem do The New York Times, o esporte ainda ocorre no festival anual.

Na ocasião participam estudantes de todas as áreas, seja alguém engajado em esportes ou não nas partidas tradicionais. Nessa escola, o botaoshi é praticado desde 1929 e sua criação vem antes disso no Japão.

Tradição e honra

Dentro de algumas comunidades, o botaoshi é um esporte bem conhecido e respeitado. Crianças e jovens crescem vendo as cerimônias em um ambiente familiar e almejam chegar o dia em que poderão participar com seus colegas e fazer como seus senpais (pessoas mais velhas e de hierarquia mais alta).

Essa tradição passada de geração para geração representa um rito importante, muito além do caos.

Sim, à primeira vista pode parecer isso mesmo ao ver um vídeo sem contexto pela internet. Dá para arrancar risadas e ficar surpreso/a, mas ao conhecer melhor o botaoshi essa ideia muda onde coragem e união são os centros do botaoshi com lições importantes que podem ser revertidos para a vida.

Meses de planejamento, união e conexão

Os estudantes tem que colaborar uns com os outros e enfrentam desafios que parecem impossíveis de serem alcançados.

Isso cria uma conexão entre todos pensando no bem maior. Autonomia, confiança, responsabilidade e maturidade também são colocadas a prova.

Os estudantes planejam por meses suas estratégias e alguns times praticam para chegar no festival e suas famílias e amigos os assistirem.

Origens: mix da tradição e cultura japonesa

Além disso, o esporte é um reflexo de várias práticas culturais tradicionais japonesas também pouco compreendidos pelos ocidentais.

Segundo um historiador de esportes da Universidade de Tokai, Minoru Matsunami, o botaoshi pode ser uma combinação de vários jogos recreativos comuns do século 18 (1868/Era Meiji) e bem conhecidos entre os mais velhos.

  • Nobori (escalar mastro);
  • Hata Ori (captura bandeira);
  • Tsuna Nobori Hata Tori (escalar corda e capturar bandeira);

Outra teoria discutida entre os estudiosos é o de o botaoshi ter sido criado a partir do taisho tori, que envolve capturar bandeira no mastro.

Taisho Tori - Captura bandeira no maostro
Taisho Tori – Captura bandeira no mastro

Esse é um jogo comum no sudeste do Japão entre estudantes de Kagoshima e pode ter sido difundido na escola naval em Hiroshima que pode ser a origem dos jogos da Academia de Defesa do Japão.

Gostou do artigo? Curta e compartilha!

0 comentário em “Bo-taoshi: entenda tudo sobre este esporte japonês

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s