Notícias do Japão
coronavírus no Japão Covid-19 no Japão Notícias notícias do Japão

Giro de notícias do Japão: 8 de março de 2021, segunda-feira

Confira o relatório de novas infecções de coronavírus no Japão, falta de seringas especiais deixa ritmo de vacinação lento, pesquisa mostra que mais de 60% entende que sociedade é machista e caminhão autônomo é testado com sucesso

Em um único post, confira uma seleção de resumos das notícias do dia saídas e traduzidas dos principais portais de notícias no Japão. Confira temas de categorias diferentes, como política, entretenimento, sociedade e mais. Se atualize e saiba o que aconteceu no país de uma vez só em poucos minutos.

COVID-19 no Japão

Nesta segunda-feira foram divulgados os dados sobre novos infectados pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 no Japão. Os dados são referentes aos testes realizados no dia 5 de março, sexta-feira.

Tokyo conduziu 4.793 testes PCR na sexta-feira em toda a prefeitura e confirmou 116 novos casos do novo coronavírus SARS-CoV-2, 121 casos a menos do relatado no domingo (7) relativo aos testes conduzidos no dia 4, quinta-feira.

Cartaz informando a data para o fim do estado de emergência na Região Metropolitana de Tokyo
Cartaz informando a data para o fim do estado de emergência na Região Metropolitana de Tokyo

Em todo o território nacional foram confirmados 600 novos casos de COVID-19, dos quais 380 apresentaram sintomas graves e precisaram ser hospitalizados (46 em Tokyo). Foram registrados 45 óbitos relacionados a doença.

Além da prefeitura de Tokyo, as regiões mais afetadas pela pandemia foram Chiba (73), Saitama (65), Hokkaido (63), Kanagawa (59), Osaka (38) and Miyagi (29).

Vacinação no Japão deverá manter ritmo lento por falta de seringas especiais

Desde o início da vacinação no Japão há três semanas, cerca de 46.500 doses foram aplicadas em profissionais de saúde até a sexta-feira. Mas apesar desse grupo prioritário ter recebido a primeira dose do imunizante, o ritmo da vacinação está muito baixo.

Grupo de 40 mil profissionais de saúde entre médicos e enfermeiros receberam a primeira dose do imunizante Pfizer-BioNTech
Grupo de 40 mil profissionais de saúde entre médicos e enfermeiros receberam a primeira dose do imunizante Pfizer-BioNTech

Estimativas realizadas com base na quantidade de pessoas vacinadas até agora no Japão informa que, no atual ritmo de vacinação, o país demorará 126 anos para conseguir imunizar sua população de 126 milhões de habitantes.

A vizinha Coreia do Sul, por exemplo, começou uma semana antes do Japão e administrou sete vezes mais vacinas. Para o professor, médico e pesquisador da Keio Universty Haruka Sakamoto, parece que o senso de urgência do Japão é diferente em relação aos outros países do G7.

Para Sakamoto, a baixa quantidade de óbitos relacionados ao SARS-CoV-2 (8.251) é um indicativo desse senso. Além disso, há problemas com relação a seringas especiais que são capazes de retirar até seis doses de cada frasco dos imunizantes Pfizer-BioNTech.

Falta de seringas faz imunização vacinação no Jaão atrasar. Foto por Yves Herman
Falta de seringas faz imunização vacinação no Jaão atrasar. Foto por Yves Herman

Até o momento, o governo central não conseguiu resolver esse problema. O objetivo principal continua sendo a imunização dos mais de 4,7 milhões de trabalhadores que atuam diretamente na linha de frente no combate a pandemia.

Ainda que a imunização dos 36 milhões de idosos a partir de 65 anos deverá começar em abril, se não resolvida a questão das seringas, milhões de doses poderão ser perdidas por falta de material adequado.

Maioria dos japoneses entendem que sociedade é machista

Uma pesquisa realizada pela Dentsu Institute, organização pertencente ao gigante Dentsu Group Inc. com sede em Tokyo, demonstrou que mais de 60% dos japoneses sentem que a sociedade japonesa favorece pessoas do sexo masculino.

Homens japoneses reconhecem que leis do país, tradições e mercado de trabalho favorecem os homens
Homens japoneses reconhecem que leis do país, tradições e mercado de trabalho favorecem os homens

O estudo conduzido em fevereiro entrevistou 3 mil pessoas (1.517 mulheres e 1.483 homens). Para 64,6% dos homens entrevistados, homens recebem tratamento diferencial no Japão e 64,3% acreditam que os homens são favorecidos em relação as tradições e costumes do país.

Em relação ao local de trabalho, 59,6% dos homens se veem favorecidos e 46,8% acreditam que são beneficiados pela legislação e o sistema. O menor número entre os homens é a representação na mídia, apenas 38,7% dos entrevistados.

Entrevistados do sexo masculino acreditam que o Japão deve trabalhar para equiparar as diferenças entre gêneros
Entrevistados do sexo masculino acreditam que o Japão deve trabalhar para equiparar as diferenças entre gêneros

Isso demonstra que os homens estão atentos as diferenças entre gêneros no Japão. Entre os entrevistados, 78,4% dos entrevistados acreditam que o país deve trabalhar para equiparar o abismo que existe entre os direitos de homens e mulheres.

De acordo com os estudos conduzidos pela Dentsu Institute, hipoteticamente o Japão demorará 27,9 anos para que o país eleja sua Primeira-Ministra. Para atingir 30% das cadeiras do parlamento serão 33,5 anos e demorará 24,7 anos para ter 30% das mulheres em cargos gerenciais no setor privado.

Japão testou caminhão autônomo com sucesso

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria e o Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo testaram com sucesso caminhões autônomos em uma via expressa na prefeitura de Shizuoka.

Foram testados três caminhões a 80km/h o qual o primeiro caminhão foi guiado manualmente por uma pessoa em um trajeto de 15km. A carreata foi equipada com sensores a laser para manter uma distância segura.

Caminhões autônomos foram testados com sucesso no dia 5 de março de 2020
Caminhões autônomos foram testados com sucesso no dia 5 de março de 2020

Quando o motorista que liderava os caminhões freou, os outros dois seguiram o comando do líder em sincronia. Além disso, a distância dos caminhões não permite que um outro veículo fique entre eles.

Novos testes deverão acontecer até o final do ano para que os ministérios deem continuidade ao projeto de introduzir os caminhões autônomos nas vias expressas do país, um projeto em andamento desde 2016.

Fontes: Japan Today, Kyodo News, Asahi Shimbun, Mainichi Shimbun, NHK, Nikkei

0 comentário em “Giro de notícias do Japão: 8 de março de 2021, segunda-feira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s