Notícias do Japão
coronavírus no Japão Covid-19 no Japão Notícias notícias do Japão

Giro de notícias do Japão: 21 de fevereiro de 2021, domingo

Confira o relatório de novas infecções do novo coronavírus no Japão, vacinação de idosos deve atrasar e começará em março, Fujifilm remomará testes de Avigan e governo é pressionado a doar arroz para caridade

Em um único post, confira uma seleção de resumos das notícias do dia saídas e traduzidas dos principais portais de notícias no Japão. Confira temas de categorias diferentes, como política, entretenimento, sociedade e mais. Se atualize e saiba o que aconteceu no país de uma vez só em poucos minutos.

COVID-19 no Japão nas últimas 24 horas

Neste domingo foram divulgados os dados sobre novos infectados pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 no Japão. Os dados são referentes aos testes realizados no dia 18 de fevereiro, quinta-feira.

Tokyo conduziu 7.232 testes PCR na quinta-feira em toda a prefeitura e confirmou 272 novos casos do novo coronavírus SARS-CoV-2, 25 casos a menos do relatado no sábado (20) relativos aos testes conduzidos no dia 17, quarta-feira. Dos contaminados, 142 eram do sexo feminino e 130 do sexo masculino.

O número de contaminações confirmadas mantiveram-se em níveis baixos nessa última semana
O número de contaminações confirmadas mantiveram-se em níveis baixos nessa última semana

Em todo o território nacional foram confirmados 1.032 novos casos de COVID-19, dos quais 511 apresentaram sintomas graves e precisaram ser hospitalizados (82 em Tokyo). Foram registrados 50 óbitos relacionados a doença.

Além da prefeitura de Tokyo, as regiões mais afetadas pela pandemia foram Chiba (163), Kanagawa (100), Saitama (84), Hokkaido (63), Osaka (60), Ibaraki (46), Aichi (33), Fukuoka (32) e Hyogo (27).

Ministro Taro Kono diz que vacinação de idosos deve atrasar

Aproximadamente 450 mil doses de imunizantes Pfizer-BioNTech saíram de Bruxelas após a União Europeia autorizar a exportação e chegaram ao Japão neste domingo no Aeroporto Internacional de Narita.

Nesse domingo o Japão recebeu o segundo lote de aproximadamente 450 mil imunizantes Pfizer-BioNTech
Nesse domingo o Japão recebeu o segundo lote de aproximadamente 450 mil imunizantes Pfizer-BioNTech

Apesar da boa notícia, o Ministro Taro Kono, responsável pela vacinação no país alertou que a vacinação nos idosos deverá atrasar. O ministro informou que a capacidade de produção da Pfizer é muito limitada e que a oferta até abril também será.

Os mais de 36 milhões de japoneses acima dos 65 anos seriam imunizados no início de abril e o país levaria dois meses parar vacinar todos os idosos. Agora, pelas projeções do governo a vacinação deverá começar por volta de março de forma gradual.

Mesmo com a chegada do segundo lote de vacinas, o Japão tem menos de um milhão de vacinas e até agora, o grupo que está sendo imunizado são os cerca de 40 mil profissionais de saúde.

Ministro Taro Kono avisou nesse domingo que a vacinação dos japoneses a partir de 65 anos deverá atrasar ao menos um mês. Foto por Kim Kyung-Hoon
Ministro Taro Kono avisou nesse domingo que a vacinação dos japoneses a partir de 65 anos deverá atrasar ao menos um mês. Foto por Kim Kyung-Hoon

A vacinação no país começou na quarta-feira (17) e a primeira dose foi aplicada em 5.039 pessoas em 68 instalações diferentes até a sexta-feira (19), de acordo com as informações divulgadas pelo Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar.

Depois do primeiro grupo, deverão ser imunizados 4.7 milhões de trabalhadores que atuam diretamente no combate a pandemia de COVID-19, deixando assim, a vacinação dos idosos e da população geral cada vez mais distantes.

Fujifilm retomará testes clínicos de Avigan para tratar COVID-19

A Fujifilm Holdings Corp anunciou que retomará os testes clínicos para a droga antiviral Avigan desenvolvido pela empresa para tratar pacientes com COVID-19. Anteriormente, os estudos realizados foram inconclusivos, portanto, seu uso foi negado pelas autoridades sanitárias.

Apesar de não ter sido aprovado no Japão, o medicamento foi na Índia, China, Rússia e na Indonésia por ser virtualmente capaz de ajudar pacientes com sintomas leves e logo no início da infecção.

FIjifilm Holdings Corp. retomará ensaio clínico de sua droga Avigan para o tratamento da COVID-19. Foto por AIssei Kato
FIjifilm Holdings Corp. retomará ensaio clínico de sua droga Avigan para o tratamento da COVID-19. Foto por AIssei Kato

Participarão do ensaio 270 voluntários com sintomas leves a partir dos 65 anos e também com alguma comorbidade, como doença renal ou diabetes, por exemplo, na casa dos 50 anos e sintomas leves.

A expectativa da corporação é conseguir aprovação para o uso emergencial do medicamento por volta de outubro de 2021. Se aprovado, o medicamento será um grande aliado no combate a pandemia.

Governo é pressionado a doar arroz para instituições de assistência social

A pandemia do novo coronavírus está devastando a economia mundial. Apesar das bolsas de valores apresentarem constantes altas recentemente, pequenas empresas, empreendedores, bares e restaurantes e toda a cadeia de suprimento destes negócios estão indo à falência.

Em suma, a realidade das bolsas de valores é paralela a vivida pelas pessoas comuns. No Japão, muitas pessoas reduziram a quantidade de refeições que fazem por falta de dinheiro e perspectiva de emprego.

Bancos de alimentos do Japão estão sendo fundamentais para a segurança alimentar de milhões de pessoas pobres e desempregadas pela pandemia
Bancos de alimentos do Japão estão sendo fundamentais para a segurança alimentar de milhões de pessoas pobres e desempregadas pela pandemia

Atualmente, ao menos 15,7% da população japonesa precisa recorrer aos bancos de alimentos para conseguirem sobreviver. Esses dados da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) são anteriores a pandemia.

Por causa das restrições, o Japão tem seu pior desempenho em oferta de emprego dos últimos 45 anos, enquanto o desemprego aumentou pela primeira vez nos últimos 11 anos.

Com um custo de vida tão alto, o governo central está sendo pressionado a disponibilizar quantidade suficiente de arroz nos bancos de alimento para atender essa imensa e crescente população.

Ao menos 15,7% dos japoneses vivem abaixo da linha da pobreza, isto é, aproximadamente 20 milhões de pessoas
Ao menos 15,7% dos japoneses vivem abaixo da linha da pobreza, isto é, aproximadamente 20 milhões de pessoas

O fundador e CEO da Second Harvest Japan, Charles McJilton, o maior banco de alimento do Japão afirmou em entrevista a Reuters que os 300kg de arroz doados não duram meia hora.

“300kg é um insulto a uma nação que tem tanto arroz disponível e 20 milhões de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza. Se é a lei (que não permite o governo fornecer arroz a menos que haja falta na oferta do mercado), que se mude a lei”, afirmou McJilton

Fontes: Japan Today, Kyodo News, Asahi Shimbun, Mainichi Shimbun, NHK, Nikkei

0 comentário em “Giro de notícias do Japão: 21 de fevereiro de 2021, domingo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s