Notícias do Japão
coronavírus no Japão Covid-19 no Japão Notícias notícias do Japão

Giro de notícias do Japão: 20 de fevereiro de 2021, sábado

Confira o relatório de casos de coronavírus no Japão, uma pessoa teve urticária temporária após tomar vacina da Pfizer-BioNTech, Ministério está emitindo relatórios sobre efeitos colaterais para oferecer transparência, terremoto do dia 13 em Fukushima danificou reatores, emissão de passaportes têm queda de 70%, maior arranha céu do mundo será construído no Japão até 2023 e França e Japão se unem para monitorar Coreia do Norte

Em um único post, confira uma seleção de resumos das notícias do dia saídas e traduzidas dos principais portais de notícias no Japão. Confira temas de categorias diferentes, como política, entretenimento, sociedade e mais. Se atualize e saiba o que aconteceu no país de uma vez só em poucos minutos.

COVID-19 no Japão nas últimas 24 horas

Nesse sábado foram divulgados os dados sobre novos infectados pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 no Japão. Os dados são referentes aos testes realizados no dia 17 de fevereiro, quarta-feira.

Tokyo conduziu 8.072 testes PCR no sábado em toda a prefeitura e confirmou 327 novos casos do novo coronavírus SARS-CoV-2, 26 casos a menos do relatado na sexta-feira (19) relativos aos testes conduzidos no dia 16, terça-feira.

Apesar dos baixos registros, Japão pode ver casos de contaminação aumentarem por causa de novas cepas como a B117 e P1
Apesar dos baixos registros, Japão pode ver casos de contaminação aumentarem por causa de novas cepas como a B117 e P1

Em todo o território nacional foram confirmados 1.234 novos casos de COVID-19 dos quais 526 apresentaram sintomas graves e precisaram ser hospitalizados (82 em Tokyo). Foram registrados 78 óbitos relacionados a doença.

Além da prefeitura de Tokyo, as regiões mais afetadas pela pandemia foram Kanagawa (131), Chiba (123), Saitama (121), Osaka (94), Fukuoka (71), Aichi (46), Hyogo (42), Ibaraki (38) e Hokkaido (34).

Japão registra um caso de efeito colateral após vacinação

O Toyama Rosai Hospital situado na prefeitura de Toyama reportou nesse sábado um caso de efeito colateral do imunizante Pfizer-BioNTech. A pessoa sofreu uma reação alérgica (urticária) e calafrios após ser vacinada.

Os dados pessoais não foram divulgados, porém, o hospital assegurou que as reações ao imunizante desapareceram rapidamente. Apesar dos calafrios, a pessoa não teve febre e foi liberada após permanecer no hospital para observação.

Japão segue vacinando 40 mil profissionais de saúde enquanto aguarda por mais um lote dos imunizantes Pfizer-BioNTech no domingo (21)
Japão segue vacinando 40 mil profissionais de saúde enquanto aguarda por mais um lote dos imunizantes Pfizer-BioNTech no domingo (21)

No mesmo dia, o Toyama Rosai Hospital imunizou 48 pessoas. O relatório das reações divulgado nas redes sociais pelo Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar buscam a transparência para dar confiança a uma sociedade cética em relação a vacinas no geral.

Caso alguém faleça por reações a vacina, o governo indenizará a família em JP¥ 44.2 milhões (R$ 2.256.214,13), segundo o Ministério da Saúde.

Terremoto de MW7.3 em Fukushima danificou as plantas nucleares de Fukushima Daiichi

O tremor de MW7.3 em Fukushima no dia 13 de fevereiro, sábado, trouxe extensos danos materiais, feriu cerca de 180 pessoas, deixou 950 mil casas e negócios sem energia, causou fortes deslizamentos de terra e problemas com o transporte de Shinkansen da região.

Deslizamento de terra causado pelo terremoto de MW7.3 em Fukushima em 13 fevereiro 2021
Deslizamento de terra causado pelo terremoto de MW7.3 em Fukushima em 13 fevereiro 2021

Entendido por especialistas como um tremor secundário do Grande Terremoto de Tohoku, o terremoto de 2021 foi o mais forte ao da tragédia de 2011 e levou muitas pessoas de volta aos acontecimentos traumáticos de 10 anos atrás.

No entanto, o maior medo das autoridades se confirmou nesse sábado. A operadora da usina nuclear de Fukushima Daiichi, a TEPCO (Tokyo Eletric Power Co.) informou que o nível da água utilizado para resfriar o núcleo caiu desde o tremor.

Planta nuclear de Fukushima Daiichi não tem mais espaço para armazenar a água utilizada para resfriar os reatores nucleares
Planta nuclear de Fukushima Daiichi não tem mais espaço para armazenar a água utilizada para resfriar os reatores nucleares

Segundo Keisuke Matsuo, porta voz da companhia, o nível da água do Reator n° 1 caiu 70 centímetros, do Reator n° 3 caiu cerca de 30 centímetros, mas ainda não se sabe se o nível também caiu no Reator n° 2.

A TEPCO seguirá monitorando a temperatura do núcleo e adianta que os novos danos deverão complicar o processo de descontaminação. Além disso, a ideia de descartar 1.37 milhões de toneladas de água radioativa no Pacífico ainda no verão de 2021 não foi descartada.

Emissões de passaportes tem a maior queda em 48 anos

No ano fiscal de 2020, o governo japonês registrou uma queda de 70,3% na emissão de passaportes em relação ao ano de 2019, a maior queda de 48 anos refletindo os efeitos da pandemia.

Pandemia de COVID-19 fez o número de passaportes emitidos atingirem os números mais baixos em 48 anos
Pandemia de COVID-19 fez o número de passaportes emitidos atingirem os números mais baixos em 48 anos

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, o Japão contabilizou 27,71 milhões de passaportes ativos em 2020, uma queda de 2,56 milhões em relação ao ano anterior.

A queda começou no começo do ano fiscal de 2020 (1° de abril) por causa das restrições causadas pela COVID-19 e o controle das fronteiras impostos por países do mundo inteiro. Houve também uma queda de 72,3% nos casos de perca e roubo do documento, em 80% dos cerca de 12 mil casos aconteceram no Japão.

Maior arranha-céus do Japão deverá ser construído até 2023

O maior arranha-céus do Japão, um complexo residencial de 330 metros de altura na luxuosa região de Minato Ward, deverá ser construído até 2023 e será administrado pela rede de hotéis Aman Resorts.

Conceito artístico do prédio que deverá ser concluído em 2023 e se tornar o edifício mais alto do Japão com 330 metros
Conceito artístico do prédio que deverá ser concluído em 2023 e se tornar o edifício mais alto do Japão com 330 metros

Projetado pela Mori Building Co., cada unidade deverá custar bilhões de ienes. O prédio contará com serviço de spa para os moradores, além disso, para atender a alta classe mundial, uma escola internacional será construída próximo ao edifício que ainda não tem nome.

De acordo com a Mori Buildin, apenas 91 unidades terão o selo Aman Residences Tokyo e ficaram nos andares mais altos, ou seja, do 54 ao 64 entre as alturas de 260 a 330 metros. O arranha-céus ultrapassará o atual edifício mais alto do Japão, o Abeno Haukras de 300 metros em Osaka.

França se une ao Japão para monitorar Coreia do Norte no Mar do Leste

A marinha francesa enviará para o Mar do Leste (da China) a fragata Prairial no começo de março reforçando a parceria militar e de inteligência entre os dois países. Segundo o Ministério da Defesa do Japão, a fragata francesa fará parte dos esforços internacionais para assegurar que a Coreia do Norte não consiga realizar transações de mercadorias pelo mar.

Essa será a segunda participação francesa nesse tipo de vigilância. A primeira vez aconteceu em 2019. Além da fragata, a França mantém na região o submarino nuclear Emeraude nas regiões reivindicadas por Beijing.

Fragata francesa de vigilância e inteligência Prairial
Fragata francesa de vigilância e inteligência Prairial

O submarino realizou um exercício com a Marinha dos EUA e com a MSDF (Maritime Self-Defense Force) em dezembro de 2020 na região da ilha de Okinotorishima. Paris também tem planos de enviar o navio anfíbio de assalto Tonnerre até o fim do ano.

Os países europeus estão aumentando sua presença na região do Indo-Pacífico por seus interesses regionais – potencialmente as antigas colônias como a Polinésia francesa, por exemplo. Reino Unido e Alemanha também enviaram navios para a região recentemente.

Fontes: Japan Today, Kyodo News, Asahi Shimbun, Mainichi Shimbun, NHK

0 comentário em “Giro de notícias do Japão: 20 de fevereiro de 2021, sábado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s