Notícias do Japão
coronavírus no Japão Covid-19 no Japão Notícias notícias do Japão

Giro de notícias do Japão: 18 de fevereiro de 2021, quinta-feira

Confira o relatório de novas infecções de coronavírus no Japão, aplicativo de rastreamento de COVID-19 apresenta erro para iOS, a ex atleta Seiko Hashimoto assumirá a presidência do Comitê de Jogos Olímpicos, sistema hídrico do período Nara é descoberto em Palácio Heijo e partidos de oposição exigem presença do filho mais velho do Primeiro-Ministro para explicações da quebra do código de ética

Em um único post, confira uma seleção de resumos das notícias do dia saídas e traduzidas dos principais portais de notícias no Japão. Confira temas de categorias diferentes, como política, entretenimento, sociedade e mais. Se atualize e saiba o que aconteceu no país de uma vez só em poucos minutos.

COVID-19 no Japão nas últimas 24 horas

Nessa quinta-feira foram divulgados os dados sobre novos infectados pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 no Japão. Os dados são referentes a testes realizados no dia 15 de fevereiro, segunda-feira.

Tokyo conduziu 11.611 testes PCR no sábado em toda a prefeitura e confirmou 445 novos casos do novo coronavírus SARS-CoV-2, 28 casos a mais do relatado na quarta-feira (17) relativos aos testes conduzidos no dia 14, domingo. Dos contaminados, 237 eram do sexo masculino e 208 do sexo feminino.

Japão começou a vacinar seus profissionais de saúde, mas ainda não há previsão para imunizar a população geral
Japão começou a vacinar seus profissionais de saúde, mas ainda não há previsão para imunizar a população geral

Em todo o território nacional foram confirmados 1.537 novos casos de COVID-19 dos quais 564 apresentaram sintomas graves e precisaram ser hospitalizados (84 em Tokyo). Foram registrados 76 óbitos relacionados a doença.

Além da prefeitura de Tokyo, as regiões mais afetadas pela pandemia foram Saitama (210), Chiba (149), Kanagawa (142), Fukuoka (101), Osaka (89), Aichi (51), Hyogo (46), Ibaraki (39) e Hokkaido (32).

Aplicativo de rastreamento e aviso de contaminados pela COVID-19 apresenta erros também nos sistemas iOS

Baixado por mais de 24.6 milhões de japoneses, o aplicatico COCOA desenvolvido pelas autoridades japonesas para rastrear e avisar quando o usuário está próximo a uma pessoa contaminada também apresentou erros de aviso nos sistemas iOS da Apple.

No começo de fevereiro, uma falha no app foi identificada meses após o seu lançamento e a partir de 28 de setembro de 2020 deixou de alertar os usuários do sistema Android, o que representa 30% dos usuários.

Após detectar falhas no app COCOA para usuários do sistema Android, sistemas mais antigos de iOS também apresentam problemas
Após detectar falhas no app COCOA para usuários do sistema Android, sistemas mais antigos de iOS também apresentam problemas

De acordo com o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, a falha no alerta atinge apenas as versões mais antigas do iOS, no entanto, ainda não está claro se o problema também existe em versões mais recentes do sistema operacional da Apple.

A expectativa é que os testes sejam concluídos até o final do ano fiscal de 2020, ou seja, 31 de março. É esperado também uma comissão para aplicar sanções aos possíveis responsáveis pela falha.

Comitê Organizacional dos Jogos Olímpicos será presidido por uma mulher

Após o mal estar gerado pelo ex presidente do Comitê Organizacional dos Jogos Olímpicos Yoshiro Mori com uma série de comentários sexistas extremamente depreciativos, Seiko Hashimoto, 56, substituirá o comando do comitê.

Seiko Hashimoto abriu mão do cargo de ministra das Olimpíadas para se tornar presidente do Comitê Organizacional dos Jogos Olímpicos de Tokyo 2020
Seiko Hashimoto abriu mão do cargo de ministra das Olimpíadas para se tornar presidente do Comitê Organizacional dos Jogos Olímpicos de Tokyo 2020

A decisão foi bem vinda pelos patrocinadores, voluntários e atletas que deram boas vindas a ex atleta e medalhista olímpica que representou o Japão por sete vezes nos Jogos Olímpicos (quadro edições de inverno e três de verão).

O presidente da Toyota Motor Corp., um dos principais patrocinadores do evento saudou a escolha de Hashimoto para o cargo.

De acordo com os bastidores do poder, Seiko Hashimoto hesitou em aceitar o cargo porque isso implicaria na sua renúncia como ministra da Olimpíada no gabinete do primeiro-ministro Yohishide Suga.

Medalhista, Hashimoto defendeu o Japão por sete vezes nos Jogos Olímpicos (quadro edições de inverno e três de verão
Medalhista, Hashimoto defendeu o Japão por sete vezes nos Jogos Olímpicos (quadro edições de inverno e três de verão

“É minha missão sediar os jogos priorizando a segurança para os participantes e para o povo japonês. Isso significa criar um ambiente para que os atletas subam no palco de seus sonhos sem ter que se preocupar com nada além de sua performance”, disse Hashimoto ao ser anunciada oficialmente como presidente do comitê.

Um voluntário de 50 anos, Yoshiko Urushidade disse em entrevista: “Espero que ela trabalhe para tornar o evento em que os atletas se sintam confortáveis em participar. Quero estar envolvido de alguma forma para trazer sorrisos aos atletas e espectadores”.

Sistema hídrico é descoberto no Palácio Heijo em Nara

Um sistema de drenagem do período Nara (710 – 794) foi descoberto na quarta-feira (17) no Heijō-kyū (平城宮 – Palácio Imperial), uma das maiores relíquias descobertas de acordo com o Nara National Research Institute for Cultural Properties.

Vista do Palácio Imperial de Nara - Heijō-kyū
Vista do Palácio Imperial de Nara – Heijō-kyū

O dreno foi construído com uma estrutura de pedras sólidas e especula-se ter sido utilizado para o Daijō-kan (太政官), o Departamento de Estado do Japão durante os períodos Nara e Heian (794 – 1185).

A descoberta é fruto de uma investigação que começou em março de 2020 em uma área de 780m². Os pesquisadores acreditam que o dreno foi utilizado para o transporte da água da chuva para o Daijō-kan.

Para Akihiro Watanabe, professor de história japonesa da Nara University: “Parece um canal de água compatível com um edifício elaborado para a alta classe que foi preparado nas proximidades. É evidente que o edifício desempenhou um papel importante […], possivelmente o Grande Conselho de Estado”.

Dreno encontrado nas ruínas do Palácio Imperial de Nara - Heijō-kyū
Dreno encontrado nas ruínas do Palácio Imperial de Nara – Heijō-kyū

Ainda existem muitas perguntas sem respostas e por hora nenhuma explicação será dada. No entanto, quando houver dados e informações mais concretas, elas serão divulgadas no YouTube por um canal apresentado pelo próprio instituto, o Nara Bunken Channel.

Partidos de oposição exigem presença do filho de Suga na Dieta para explicar jantares com altos funcionários do Ministério das Comunicações

Os partidos de oposição exigiram presença do filho do Primeiro-Ministro Yoshide Suga na Dieta para explicar jantares com altos funcionários do Ministério das Comunicações nessa quinta-feira.

Caso seja convocado pela comissão que investiga o Ministério das Comunicações, o filho mais velho (que nunca teve o nome revelado pela mídia) do Primeiro-Ministro deverá ser testemunha das alegações dos periódicos que revelaram o caso e confirmado pelo alto funcionário do ministério, Kuniaki Hara

O diretor-geral do Ministério das Comunicações Yoshinori Akimoto (discursando na Câmara dos Representantes na Dieta) é um dos investigados por quebra do código de ética
O diretor-geral do Ministério das Comunicações Yoshinori Akimoto (discursando na Câmara dos Representantes na Dieta) é um dos investigados por quebra do código de ética

Essa relação entre funcionários públicos e empregados de empresas privadas viola o Código de Ética do Serviço Público do Japão, considerando que o filho do Primeiro-Ministro é funcionário de uma empresa fornecedora de serviços via satélite.

O filho de Suga conheceu os burocratas quando trabalhou como secretário do pai entre 2006 e 2007. Aconteceram ao menos 12 jantares em restaurantes de luxo pagos pelo filho mais velho do PM com direito a presente a todos os envolvidos.

Coincidência ou não, o Ministério emitiu uma licença de transmissão para a Tohokushinsha Film, atual empresa do filho do primeiro-ministro. A oposição acusa o CDPJ (Constitutional Democratic Party of Japan) de ocultar o que aconteceu e demanda uma investigação profunda sobre o caso.

Fontes: Japan Today, Kyodo News, Asahi Shimbun, Mainichi Shimbun, NHK

0 comentário em “Giro de notícias do Japão: 18 de fevereiro de 2021, quinta-feira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s