Petição no Japão para retirar impostos de absorventes e tampões
Sociedade

Mulheres japonesas relatam dificuldades e pedem redução de taxas sob produtos de higiene feminina

Mulheres relatam dificuldades financeiras para comprar absorventes e tampões

Por conta do sucesso de um mangá chamado Seiri-chan (Srta. Período), muitas mulheres passaram a compartilhar relatos relacionados aos seus períodos no Japão.

Mangá Seiri-chan

Além de abrir essa discussão, um filme estrelado por atores populares foi lançado em 2019 levantando mais atenção ao delicado tema.

Tabu vs desigualdade

Cercado por tabus e pouco discutido, a menstruação ganhou nuances econômicas revelando desigualdade social no Japão, realidade de jovens japonesas sem estabilidade no emprego e baixos salários.

Petição online

Legendas: Não é um luxo! Sem taxas

Uma petição online criada no site Change.org pede redução de taxas sobre produtos de higiene feminina, em especial os usados durante o período.

Até a publicação da reportagem pelo Mainichi Shimbun, a petição tinha coletado mais de 40.000 assinaturas.

Relatos desesperados revelaram situações precárias causadas por falta de dinheiro para arcar com custos com absorventes.

“Eu vivo sozinha e não tenho muito dinheiro, então quando estou no meu período, eu passo muita dificuldade financeira, física e mental.”

Mulher não identificada postou comentário em petição online do Change.org

A petição foi lançada em 2019 quando as taxas sob estes produtos aumentaram 10%, o que pesou no bolso dos japoneses que viviam no limite de suas finanças.

Quem começou a petição foi a voluntária Ayumi Taniguchi de 22 anos. Sua inspiração veio de sua tese para sua graduação na Universidade Internacional Cristã. Ela lançou a campanha #menstruation for everyone #menstruação para todas.

Peso no bolso

Ela entrevistou dez amigas e metade relatou sofrer com o preço destes produtos todos os meses.

A jovem ainda foi marcada por uma história de sua avó. Há 60 anos quando saiu do interior para a capital, ao final do mês, ela tinha que fazer uma escolha pela falta de dinheiro. Comprava absorventes ou pão para o café da manhã.

Não sobrava dinheiro para os dois. Taniguchi foi motivada pelo fato deste problema ainda ser recorrente nos dias de hoje.

No site, esse peso financeiro é mais detalhado. Se o custo mensal com esses produtos for de 1.000 ienes mensal incluindo a taxa de 10% a mais desde 2019, o custo passa de 500.000 ienes durante a vida.

Sem abertura

Além disso, ela conduziu uma pesquisa online com 200 mulheres e descobriu um problema relacionado a questões familiares.

As meninas não têm a liberdade de conversar sobre sua menstruação e muito menos pedir dinheiro para comprar absorventes.

O grupo se organizou no YouTube para espalhar informações e iniciar conversas com universitários para poder viabilizar distribuição desses produtos de graça nas instituições de ensino.

O grande desejo é fazer esses produtos serem livres de impostos para ficarem mais baratos.

Se isso acontecer no Japão, será mais um país a eliminar taxas visando eliminar essa questão para quem não tem dinheiro para comprar absorventes.

Canadá e Austrália retiraram as taxas e a Inglaterra comprou produtos de higiene sem os impostos para livrar a chamada pobreza do período onde mulheres não têm recursos financeiros para arcar com esse tipo de despesa.

Para contornar o problema, muitas usam materiais não adequados, como jornal, por exemplo.

Segundo a socióloga Hikaru Tanaka, esse problema poderia ser contornado com uso de pílulas anticoncepcionais para diminuir o fluxo, mas a falta de educação sexual é evidentes e informações importantes acabam não chegando a homens e mulheres, além de existir negligência.

0 comentário em “Mulheres japonesas relatam dificuldades e pedem redução de taxas sob produtos de higiene feminina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s