Notícias do Japão
coronavírus no Japão Covid-19 no Japão Notícias notícias do Japão

Giro de notícias do Japão: 15 de fevereiro de 2021, segunda-feira

Confira o relatório sobre coronavírus no Japão, ¼ não querem ser vacinados por medo de efeitos colaterais, fabricantes estão com dificuldades para comprar ingrediente para gelo seco para chegada das próximas vacinas, vacinação de idosos ainda causa dúvidas e índice de suicídios entre crianças e adolescentes aumenta

Em um único post, confira uma seleção de resumos das notícias do dia saídas e traduzidas dos principais portais de notícias no Japão. Confira temas de categorias diferentes, como política, entretenimento, sociedade e mais. Se atualize e saiba o que aconteceu no país de uma vez só em poucos minutos.

COVID-19 no Japão nas últimas 24 horas

Nessa segunda-feira foram divulgados os dados sobre novos infectados pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 no Japão. São referentes aos testes realizados no dia 12 de fevereiro, sexta-feira.

Tokyo conduziu 6.823 testes PCR na sexta-feira em toda a prefeitura e confirmou 266 novos casos do novo coronavírus SARS-CoV-2.

105 casos a menos do relatado no domingo (14), relativos aos testes conduzidos no dia 11, quinta-feira. Dos contaminados, 135 eram do sexo masculino e 131 do sexo feminino.

Estado de emergência em 10 prefeituras deve ser levantada dia 7 de março de 2021
Estado de emergência em 10 prefeituras deve ser levantada dia 7 de março de 2021

Em todo o território nacional foram confirmados 961 novos casos de COVID-19, dos quais 658 apresentaram sintomas graves e precisaram ser hospitalizados (97 em Tokyo). Foram registrados 66 óbitos relacionados a doença.

Além da prefeitura de Tokyo, as regiões mais afetadas pela pandemia foram Chiba (136), Saitama (94), Kanagawa (71), Osaka (69), Fukuoka (46), Aichi (42), Hokkaido (41) e Hyogo (27).

Mais de ¼ dos japoneses não estão dispostos a serem vacinados

Uma pesquisa realizada pela Kyodo News por telefone com 1.023 pessoas aleatórias acima de 18 anos nos dias 6 e 7 de fevereiro, demonstrou que 63,1% dos japoneses pretendem ser vacinados contra o SARS-CoV-2, no entanto, 27,4% dos entrevistados não pretendem ser imunizados.

Uma péssima notícia para o país que, assim como qualquer outro, precisa imunizar 80% da sua população para conseguir a imunidade coletiva.

O grupo menos disposto a ser vacinado no Japão são mulheres de 40 a 50 anos, de acordo com a pesquisa da Kyodo News.

Japão sofre a décadas com o ceticismo da população em relação a vacinas e vacinação
Japão sofre a décadas com o ceticismo da população em relação a vacinas e vacinação

Uma outra pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos em janeiro com 15 países mostrou o Japão em 4° lugar e melhor avaliado em porcentagem de pessoas que desejavam serem imunizadas (64%), posição acima da África do Sul, França e Rússia, respectivamente.

Por outro lado, a posição do Japão caiu para penúltimo e somente 26% pretendem ser vacinados imediatamente.

Mais de ¼ dos japoneses não estão dispostos a serem vacinados.
Mais de ¼ dos japoneses não estão dispostos a serem vacinados.

Há muito receio da sociedade japonesa em relação aos efeitos colaterais das vacinas, e apesar de não existir nenhum imunizante 100% seguro, a taxa de complicações é muito baixa.

Segundo Kazuya Yamanouchi, professor emérito e especialista em virologia da University of Tokyo’s Insitute of Medical Science, as pessoas devem considerar a segurança dos familiares e amigos antes de decidir se não serão vacinados, apesar de um possível efeito colateral.

Alta demanda de gelo seco para manter as vacinas Pfizer-BioNTech pressiona produtores

Os primeiros imunizantes da Pfizer-BioNTech chegaram na sexta-feira (12). 400 mil doses chegaram no Aeroporto Internacional de Narita, porém, é preciso manter o imunizante a uma temperatura de -75°C.

Empresas japonesas aumentaram produção de freezers potentes para armazenar e transportar imunizantes Pfizer-BioNTech a -75°C
Empresas japonesas aumentaram produção de freezers potentes para armazenar e transportar imunizantes Pfizer-BioNTech a -75°C

Por isso, empresas que fabricam gelo seco estão sendo pressionadas para atender a demanda para receber as 126 milhões de vacinas ao longo do ano.

No entanto, os produtores estão enfrentando dificuldades para comprarem dióxido de carbono líquido, essencial para a produção.

Um executivo de uma das companhias falou em condição de anonimato ao Kyodo News disse que a falta do gelo seco não será um problema para o início da vacinação, porém alertou: “Não tenho certeza de quanto gelo seco será necessário quando todas as vacinas forem entregues.”

O alerta do executivo aponta para problemas básicos de logística, afinal, se os produtores não souberem exatamente qual é a perspectiva, será mais difícil assegurar o produto necessário para o transporte dos imunizantes.

Produtores de gelo seco estão com dificuldade para adquirir dióxido de carbono e entender a demanda do governo
Produtores de gelo seco estão com dificuldade para adquirir dióxido de carbono e entender a demanda do governo

Embora exista essa falta de planejamento do governo central, o ministro da Economia, Comércio e Indústria, Hiroshi Kajiyama, afirmou que o governo está assegurando paralelamente quantidade suficiente de freezers.

Autoridades do país solicitaram aos produtores de freezers para aumentarem a produção para o transporte e armazenamento dos imunizantes pelo país seja feito de forma segura e sem desperdícios.

Imunização de idosos poderá ser adiada por falta de vacinas

Apesar da primeira leva de 400 mil doses de vacinas, a quantidade é insuficiente para imunizar todos os trabalhadores na linha de frente ao combate a pandemia.

No total, são cerca de 20 mil médicos(as) e enfermeiros(as), mais 3,7 milhões de trabalhadores entre motoristas de ambulâncias, pessoal do hospital, socorristas, etc.

Incerteza sobre vacinas pode levar ao adiamento da imunização de idosos: Foto por Tamara Merino
Incerteza sobre vacinas pode levar ao adiamento da imunização de idosos: Foto por Tamara Merino

Após vacinar aqueles mais expostos ao risco de se infectarem com o SARS-CoV-2, será a vez dos 36 milhões de japoneses a partir dos 65.

A previsão era começar a imunização dos idosos no dia 1° de abril, porém, ainda não é certo.

Além da produção (que a Pfizer disse ter aumentado para atender a demanda), há um problema envolvendo os 27 estados-membros da União Europeia com uma lei aprovada pelo bloco restringindo a exportação de imunizantes enquanto a demanda da UE não for atendida.

O Japão não tem informações concretas sobre os imunizantes, mas garante estar buscando as outras vacinas compradas pelo governo das farmacêuticas AstraZeneca Plc. e Moderna Inc. para atender a população mais vulnerável.

Suicídio de crianças e adolescentes atingem índice mais alto desde a década de 80

A pandemia aumentou consideravelmente o número de suicídios no mundo. No Japão, o número de suicídios entre crianças e adolescentes é o mais alto desde a década de 80, chegando a 479 em 2020.

O número revela um aumento de 140 casos em comparação a 2019. Ainda não está totalmente claro os motivos para este aumento, mas a causa mais provável são o isolamento e a falta de contato com outras pessoas, de acordo com os especialistas.

Suicídio de crianças e adolescentes atingiram níveis recordes em 2020 com 479 vidas perdidas
Suicídio de crianças e adolescentes atingiram níveis recordes em 2020 com 479 vidas perdidas

Foram contabilizados 138 suicídios de garotas do ensino médio, um aumento de 71 casos. O número de garotos subiu de 21 casos em 2019 para 191 em 2020. No ensino fundamental ocorreram 136 casos e no ensino básico foram 14 suicídios.

O Ministério da Educação, Cultura, Esporte, Ciências e Tecnologia fará uma reunião de emergência para discutir medidas preventivas.

Entre as possibilidades está o monitoramento dos jovens por meio dos tablets para avaliar o nível de estresse.

Fontes: Japan Today, Kyodo News, Asahi Shimbun, Mainichi Shimbun, NHK

0 comentário em “Giro de notícias do Japão: 15 de fevereiro de 2021, segunda-feira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s