Notícias do Japão
coronavírus no Japão Covid-19 no Japão Notícias notícias do Japão

Giro de notícias do Japão: 12 de fevereiro de 2021, sexta-feira

Confira os relatórios sobre coronavírus no Japão, vacinas da Pfizer - BioNTech chegaram ao país, surto de Covid-19 é revelado na prisão de Yokohama, estado de emergência deverá ser revisada na próxima semana, jantares e presentes pagos pelo filho do Primeiro-Ministro são investigados e mais detalhes revelados

Em um único post, confira uma seleção de resumos das notícias do dia saídas e traduzidas dos principais portais de notícias no Japão. Confira temas de categorias diferentes, como política, entretenimento, sociedade e mais. Se atualize e saiba o que aconteceu no país de uma vez só em poucos minutos.

COVID-19 no Japão nas últimas 24 horas

Nessa quinta-feira foram divulgados os dados sobre novos infectados pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 no Japão. Os dados são referentes a testes realizados no dia 9 de fevereiro, terça-feira.

Tokyo conduziu 8.115 testes PCR na terça-feira em toda a prefeitura e confirmou 307 novos casos do novo coronavírus SARS-CoV-2, 127 a menos em comparação ao relatado na quinta-feira (11) relativos aos testes conduzidos no dia 8, segunda feira. Dos contaminados, 155 eram do sexo feminino e 152 do sexo masculino.

Japoneses transitam em meio a pandemia do novo coronavírus SARS-CoV-2
Japoneses transitam em meio a pandemia do novo coronavírus SARS-CoV-2

Em todo o território nacional foram registrados 1.300 contaminações das quais 701 apresentaram sintomas severos e precisaram de hospitalização (102 em Tokyo). Foram registrados 62 óbitos relacionados ao COVID-19.

Depois da capital japonesa, as regiões mais afetadas pela pandemia foram Kanagawa (154), Saitama (124), Chiba (117), Osaka (89), Fukuoka (87), Hokkaido (75), Aichi (53), Hyogo (38) e Kyoto (27).

Chega primeira leva de vacinas Pfizer-BioNTech ao Japão

A primeira leva de vacinas da Pfizer-BioNTech chegou ao Japão nesta sexta-feira no Aeroporto Internacional de Narita de um voo vindo da capital da Bélgica, Bruxelas. As autoridades de saúde do Japão não comentaram a chegada dos imunizantes ao país.

Os imunizantes chegaram após temores da UE (União Europeia) bloquear a exportação de vacinas sob a nova legislação aprovada pelo bloco. Os países membros sentiram-se prejudicados pelo atraso na entrega das vacinas e com um possível favorecimento da farmacêutica AstraZeneca ao Reino Unido, que deixou a UE em 31 de dezembro de 2020.

Primeiro lote de imunizantes Pfizer-BioNTech chegam ao Aeroporto Internacional de Narita, Tokyo
Primeiro lote de imunizantes Pfizer-BioNTech chega ao Aeroporto Internacional de Narita, Tokyo

Taro Kono, ministro de assuntos administrativos e chefe da vacinação no Japão se disse preocupado com o nacionalismo dos países sobre a questão dos imunizantes.

Norihisa Tamura, ministro da Saúde, Trabalho e Bem-Estar pretende aprovar as vacinas Pfizer-BioNTech até o domingo (14) e iniciar a imunização no país ainda na semana que vem. Os primeiros da fila serão os cerca de 20 mil profissionais de saúde, como médicos e enfermeiros e outros profissionais que atuam na linha de frente no combate a pandemia de COVID-19.

Surto de SARS-CoV-2 na prisão de Yokohama deixa presos e funcionários vulneráveis

Uma investigação realizada pelo Mainichi Shimbun mostrou um grande surto do novo coronavírus SARS-CoV-2 na prisão de Yokohama em um período de um mês e meio. A descoberta aconteceu por cartas de um detento e fontes que trabalham na prisão.

Carta escrita por interno de 76 anos entregue ao Mainichi Shimbun por meio de seu advogado
Carta escrita por interno de 76 anos entregue ao Mainichi Shimbun por meio de seu advogado

O primeiro caso de COVID-19 na prisão ocorreu no dia 15 de dezembro de 2020 por meio de um agente penitenciário. No dia 20 de dezembro, os presos ouviram rumores de um detento infectado. Já no dia 25 de dezembro foi confirmado o primeiro caso de um preso contaminado.

Atualmente o presídio tem 889 internos (a capacidade do complexo é para 1.225), dos quais 14,4% são homens acima dos 65 anos, ou seja, do grupo de risco. Até o dia 10 de fevereiro, a prisão de Yokohama já tinha 129 detentos infectados e 17 funcionários.

Os casos aumentaram radicalmente, pois há escassez de produtos de higiene essenciais como álcool em gel. O acesso a máscaras também é limitado, embora a direção da prisão afirme que os internos usam máscaras desde o verão de 2020.

Prisão de Yokohama enfrenta aumento exponencial de COVID-19 em menos de dois meses
Prisão de Yokohama enfrenta aumento exponencial de COVID-19 em menos de dois meses

Porém, funcionários (que pediram anonimato) e detentos disseram que o uso de máscaras não é autorizado fora do horário de trabalho. Apenas uma máscara de pano foi concedida para cada detento no dia 7 de janeiro de 2021 e não há máscaras reservas.

Advogados e ativistas entraram com representações no Ministério da Justiça para a contenção do vírus dentro da instalação entre internos e funcionários.

Japão deverá revisar estado de emergência na próxima semana

A extensão do estado de emergência declarada no dia 7 de fevereiro deve terminar no dia 7 de março em 10 das 47 prefeituras japonesas (Tokyo, Kanagawa, China, Saitama, Aichi, Gifu, Kyoto, Osaka, Hyogo e Fukuoka).

Tochigi foi a única prefeitura incluída no estado de emergência declarado em janeiro e não entrou na extensão dado as melhoras no quadro de infecções da prefeitura. A ideia de revisar a situação das demais prefeituras foi descartada na semana passada, mas deverá acontecer.

Comércios fechados devido a pandemia do novo coronavírus SARS-CoV-2 no Japão
Comércios fechados devido a pandemia do novo coronavírus SARS-CoV-2 no Japão

As prefeituras de Aichi e Gifu estão sendo cogitadas para saírem do estado de emergência antes do término dado a melhora nos índices de contaminação, no entanto, ainda não é certo se acontecerá, pois há receio do governo de um novo surto.

Desde a terceira onda da COVID-19, a avaliação da gestão do primeiro-ministro Suga caiu de 66,4% em setembro (mês que assumiu o cargo) para 38,8%. As restrições por causa da pandemia têm causado perdas irrecuperáveis na economia com muitos pequenos negócios falindo.

Setor alimentício - bares e restaurantes - e sua cadeia de fornecedores sofrem forte queda principalmente nas prefeituras onde vigora o estado de emergência
Setor alimentício – bares e restaurantes – e sua cadeia de fornecedores sofrem forte queda principalmente nas prefeituras onde vigora o estado de emergência

Setores de hotelaria, transporte e turismo sofreram quedas históricas em 2020, já bares e restaurantes estão lutando para sobreviver. Especialmente os das prefeituras no estado de emergência que devem parar de servir bebidas às 19:00 e fechar suas portas às 20:00.

Além de bares e restaurantes, toda a cadeia de empresas fornecedoras, autônomos, pescadores e produtores rurais também sofrem os efeitos na queda do consumo no setor.

Altos funcionários do Ministério das Comunicações jantaram e receberam presentes do filho mais velho do primeiro-ministro Suga ao menos 12 vezes

Uma investigação realizada pela pasta de Assuntos Internos em conjunto com o Ministério das Comunicações revelou que o filho mais velho de Yoshihide Suga jantou com quatro alto funcionários do Ministério das Comunicações ao menos 12 vezes.

Filho mais velho do primeiro-ministro do Japão se encontrou ao menos 12 vezes com quatro burocratas do Ministério das Comunicações em restaurantes de luxo de Tokyo
Filho mais velho do primeiro-ministro do Japão se encontrou ao menos 12 vezes com quatro burocratas do Ministério das Comunicações em restaurantes de luxo de Tokyo

Os encontros aconteceram desde 2016 e o filho do primeiro-ministro pagou os jantares em restaurantes de luxo da capital japonesa e ainda os presenteou.

Os funcionários são Yasuhiko Taniwaki e Mabito Yoshida (vices-ministros de coordenação política), Yoshinori Akimoto (diretor geral de informações e comunicações do ministério) e Hironobu Yumoyo (deputado e diretor-geral do ministério).

Capa do periódico Shunkan Bunshin
Capa do periódico Shunkan Bunshin

O filho de Suga trabalha para uma companhia de serviços de satélite, a Tohokushinsha Film Corp. Os encontros foram revelados pelo periódico Shukan Bunshun antes de serem investigados pelas autoridades competentes.

Embora o teor dos encontros ainda não tenha sido descoberto (ou revelado), o ministério em questão é responsável por liberar as licenças de emissoras. A Lei de Ética do Serviço Público Nacional proíbe terminantemente encontros dessa natureza.

Fontes: Japan Today, Kyodo News, Asahi Shimbun, Mainichi Shimbun

0 comentário em “Giro de notícias do Japão: 12 de fevereiro de 2021, sexta-feira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s