Notícias do Japão
coronavírus no Japão Covid-19 no Japão Notícias notícias do Japão

Giro de notícias do Japão: 7 de fevereiro de 2021, domingo

Confira o relatório divulgado sobre novas infecções de coronavírus no Japão, jovens estão apresentando sintomas pós-Covid, dois navios da guarda costeira chineses entraram novamente nas águas disputadas das ilhas Senkaku e jogo de RPG Lost Ark é acusado de romantizar o vício em jogos em um comercial

Em um único post, confira uma seleção de resumos das notícias do dia saídas e traduzidas dos principais portais de notícias no Japão. Confira temas de categorias diferentes, como política, entretenimento, sociedade e mais. Se atualize e saiba o que aconteceu no país de uma vez só em poucos minutos.

COVID-19 no Japão nas últimas 24 horas

Nessa quinta-feira foram divulgados os dados sobre novos infectados pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 no Japão. Os dados são referentes a testes realizados no dia 4 de fevereiro, quinta-feira.

Japoneses transitam em meio a pandemia do novo coronavírus SARS-CoV-2
Japoneses transitam em meio a pandemia do novo coronavírus SARS-CoV-2

Tokyo registrou 429 novos casos de COVID-19, no total, foram realizados 9.118 testes em toda a prefeitura. A quantidade de infectados em todo o Japão doi de 1.626 casos dos quais 795 precisaram de internação (111 em Tokyo). Foram registrados também 52 óbitos relacionados a doença.

Depois da capital japonesa, as regiões mais afetadas pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 foram Saitama (187), Kanagawa (164), Chiba (121), Osaka (117), Fukuoka (93), Aichi (72), Hokkaido (69), Hyogo (54), Ibaraki (50), Kyoto (30), Ishikawa (30) e Okinawa (27).

Comunidade médica alerta para sintomas pós-COVID em jovens

Um ano após a descoberta do novo coronavírus SARS-CoV-2, sabe-se muito pouco sobre o vírus e como ele age no corpo – e nos diferentes tipos de organismos. No entanto, há um consenso na comunidade médica e científica: os efeitos pós-COVID.

Ainda é cedo para determinar o tamanho do grupo afetado pelo pós-COVID. Até o presente momento estima-se ser entre 10% a 30% dos infectados. Porém, os sintomas do pós-COVID podem ser muito mais severos em comparação aos sintomas da doença em si.

Entre 10% a 30% dos infectados pela COVID-19 experienciam sintomas de pós-COVID
Entre 10% a 30% dos infectados pela COVID-19 experienciam sintomas de pós-COVID

Lamentavelmente, muitos profissionais da saúde negligenciam o pós-COVID dizendo a seus pacientes serem sintomas de ansiedade ou outro mal psicológico pelo baque de ter tido a doença.

Por conta disso, muitos dos afetados criaram grupos de apoio na internet para trocarem experiência e encontrarem ajuda apropriada do governo e outras instituições de saúde. No Japão, os profissionais de saúde e da ciência alertam para essa condição, especialmente nos mais jovens.

Os sintomas do pós-COVID são amplos e podem permanecer durante meses
Os sintomas do pós-COVID são amplos e podem permanecer durante meses

Estudos preliminares estão sendo conduzidos em todo o mundo. No Japão, uma instituição particular, a Hirahata Clinic diagnosticou cerca de 700 pessoas infectadas pelo coronavírus SARS-CoV-2.

95% dos pacientes sentiam mal estar e 80% sentiam capacidade de raciocínio reduzida e mau humor. O que mais chamou a atenção de Koichi Hirahata, o presidente da clínica, foi a idade. 30% dos pacientes tinham aproximadamente 40 anos e 50% eram adolescentes e pessoas com até 30 anos.

Estudo no Japão sugere que a maioria das pessoas que tem sintomas de pós-COVID têm menos de 40 anos
Estudo no Japão sugere, maioria dos sintomas de pós-COVID aparece em pessoas com menos de 40 anos

Ainda não há respostas para o que está causando falta de ar, até falta de força para levantar da cama (passando por perda de paladar e olfato, fortes dores no corpo, neblina mental, etc).

Para os médicos especialistas japoneses, o fato da maioria das pessoas com esses problemas terem menos de 40 deveria levantar sérias preocupações ao governo. Afinal, o pós-COVID dura muito tempo mesmo após testar negativo para o vírus.

China entra novamente em águas territoriais japonesas em menos de 24 horas

Após realizar a quarta incursão de 2021 no sábado (pela primeira vez desde que a nova lei para a guarda costeira foi aprovada por Beijing no dia 22 de janeiro), dois navios da guarda costeira chinesa entraram novamente na região disputada das ilhas Senkaku (Diaoyu para os chineses).

Os dois navios permaneceram na região das 03:50 às 09:00 do domingo e realizaram manobras para abordar barcos pesqueiros a 22km a sudeste da ilha de Taisho.

Quarteto formado por Austrália, Índia, Japão e EUA pretende fazer frente a China na região do Indo-Pacífico
Quarteto formado por Austrália, Índia, Japão e EUA pretende fazer frente a China na região do Indo-Pacífico

Com rotineiras incursões chinesas em águas consideradas japonesas, as atividades no Mar do Sul da China, a guerra comercial e diplomática com a Austrália e o impasse pela região fronteiriça de Ladakh com a Índia, Japão, Índia, EUA e Austrália formarão um quarteto para enfrentar as ações chinesas.

Segundo o conselheiro de segurança nacional dos EUA, Jake Sullivan, uma reunião virtual entre o quarteto deve acontecer em breve. Na reunião serão discutidos a liberdade de navegação na região do Indo-Pacífico e o aumento da força marítima chinesa.

Anúncio do MMORPG Lost Ark é fortemente criticado por apelar ao vício em jogos

Um anúncio de um RPG online chamado Lost Ark desenvolvido pela Smilegate e lançado em setembro de 2020 ganhou fortes críticas no Japão de diversas organizações, como a ASK e a Japan Online Games Association.

O anúncio com mais de 8,8 milhões de visualizações desde seu lançamento mostra menos imagens do jogo e gameplay, mas jogadores totalmente obcecados pelo RPG, uma romantização do vício em games.

Existem ao menos 900 mil viciados em jogos eletrônicos no Japão
Existem ao menos 900 mil viciados em jogos eletrônicos no Japão

No Japão existem ao menos 900 mil pessoas adictas em jogos eletrônicos. A ASK, uma organização sem fins lucrativos ajuda pessoas viciadas em recuperação fez uma denúncia formal a Agência de Defesa do Consumidor do Japão.

Yoshiki Koga, estudante de pós-graduação estuda vícios em jogos eletrônicos na Chukyo University em Nagoia afirmou: “Fiquei impressionado com a representação do comercial que incentiva o uso excessivo de videogames”.

Representantes da Smilegante disseram que a companhia não tem o intuito de exaltar ou encorajar vícios, no entanto, não tem planos para mudar sua política de comerciais e anúncios. No entanto, a empresa agradeceu pelo que chamou de “opiniões valiosas”.

Confira abaixo o comercial

0 comentário em “Giro de notícias do Japão: 7 de fevereiro de 2021, domingo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s