Go To Travel no Japão
coronavírus no Japão Covid-19 no Japão Notícias notícias do Japão

Estudo da Universidade de Kyoto investiga se campanha Go To Travel ajudou a aumentar casos de coronavírus no Japão

Campanha Go To Travel teve início em julho de 2020 e incentivava japoneses a viajar dentro do país

Um time de pesquisa japonês divulgou um estudo científico com foco na investigação da possibilidade da campanha de viagem Go To Travel ter ajudado a aumentar os casos de infecções de coronavírus no Japão.

Aeroporto de Haneda em Tokyo. Créditos: Kyodo

A campanha passou a ser veiculada em julho de 2020 e visava incentivar japoneses a fazer viagens dentro do país para reativar a economia de hotéis, bares, restaurantes e demais estabelecimentos afetados pela pandemia.

Afinal, muitos negócios tiveram prejuízos, já que as orientações aconselhavam ficar em casa e evitar aglomerações. Portanto, muita gente deixou de viajar e comer fora.

Pesquisa

O grupo da Universidade de Kyoto foi liderado pelo professor Nishimura Hiroshi e o artigo foi publicado pelo Journal Of Clinical Medicine (Jornal de Medicina Clínica).

Eles analisaram aproximadamente 4,000 casos reportados em 24 prefeituras diferentes entre maio e agosto de 2020.

20% de contaminações foi devido a viagens

Eles encontraram uma taxa de 20% de infecções relacionadas com pessoas que usaram os descontos da campanha Go To Travel ou tiveram contato com viajantes antes de começarem a manifestar sintomas de Covid-19.

Uma análise detalhada mostra que 127 casos novos apareceram já nos primeiro cinco dias de campanha. O número foi 1.44 vezes mais alto em comparação com a semana anterior.

É preciso mais pesquisas para uma conclusão assertiva

No entanto, o time de pesquisadores concluiu que não se pode afirmar ainda que a campanha Go To Travel ajudou a espalhar o vírus.

Será preciso mais estudos, mas existe a possibilidade de ter ajudado a aumentar os casos no começo.

Além disso, ainda existe uma inconsistência de dados em relação aos números de infectados divulgados por cada região, o que dificulta as análises para o estudo.

O primeiro ministro Yoshihide Suga defende a ideia de que durante a pandemia, além das medidas protetivas serem importantes, os negócios precisam ser salvos e a economia restabelecida.

Atualmente, a campanha está paralisada, mas na segunda-feira, 25 de janeiro, uma nova verba destinada ao Go To Travel estava presente nas contas de 2021 apresentadas na Dieta, o que causou críticas na imprensa.

O primeiro-ministro defendeu a nova verba e afirmou que o Japão precisa estar preparado para voltar a normalidade após a pandemia de coronavírus estar controlada.

Créditos imagem principal: Bloomberg – Estação Gora em Hakone/Kanagawa em outubro de 2020 na épóca da campanha Go To Travel no Japão

0 comentário em “Estudo da Universidade de Kyoto investiga se campanha Go To Travel ajudou a aumentar casos de coronavírus no Japão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s