Notícias do Japão
coronavírus no Japão Covid-19 no Japão Notícias notícias do Japão

Giro de notícias do Japão: 25 de janeiro de 2021, segunda-feira

Confira o relatório das últimas 24 horas sobre coronavírus no Japão, as principais reclamações de hospitais e centros médicos, produtores distribuem matcha em creches, vinho envelhecido no mar revitaliza Miura e planos de telefonia ficarão mais baratos

Em um único post, confira uma seleção de resumos das notícias do dia saídas e traduzidas dos principais portais de notícias no Japão. Confira temas de categorias diferentes, como política, entretenimento, sociedade e mais. Se atualize e saiba o que aconteceu no país de uma vez só em poucos minutos.

COVID-19 no Japão nas últimas 24 horas

Testes para a detecção do novo coronavírus SARS-CoV-2 no Japão realizados no dia 22 de janeiro, sexta-feira, demonstraram que a taxa de contaminação no país caiu em relação aos dias anteriores.

Em Tokyo foram registradas 618 novas infecções pela COVID-19, no entanto, é importante frisar que a maior cidade do mundo e a mais habitada do Japão (cerca de 9,2 milhões) só realizou 7.161 testes.

Trem no Japão em meio a pandemia de COVID-19
Transporte ferroviário japonês em meio a pandemia

Ainda assim, os dados oficiais apontam para queda em todo o país que teve 2.764 contaminados e 74 mortes confirmadas pela doença.

As outras regiões mais afetadas foram Kanagawa (351), Chiba (291), Osaka (273), Saitama (251), Fukuoka (154), Kyoto (91), Aichi (89), Hokkaido (88), Hyogo (80), Ibaraki (45), Okinawa (41), Gunma (32) e Shizuoka (32).

Hospitais temem chegada de pacientes com febre sem aviso prévio

Com o recrudescimento da pandemia de coronavírus no Japão, organizações médicas que atuam na prefeitura de Ibaraki fizeram uma pesquisa com centenas de hospitais, consultórios médicos e outras instalações com atendimento médico.

776 instituições foram acionadas entre 25 de dezembro 2020 a 6 de janeiro 2021 e recebeu respostas de 182 entidades. O grupo Ibaraki Medical Association liderou a pesquisa.

Hospital no Japão em meio a pandemia
Hospitais e instituições de saúde no Japão estão pressionados devido ao novo coronavírus SARS-CoV-2

Das 182 entidades, 80% delas, isto é, 156 instituições responderam que estão enfrentando dificuldades durantes os exames médicos nesse período de inverno (no Japão) além das solicitações e medidas contra a COVID-19.

Outra grande preocupação para 108 instituições é a visita inesperada e sem aviso de pessoas com sintomas de febre. A falta de compartilhamento de informações é um problema para 74 entidades, fadiga e sobrecarga é uma forte preocupação para 63 e a falta de equipamentos foi apontada por 47 entidades.

108 entidades teme visitas de pessoas com febre
Hospitais temem visitas sem aviso prévio de pessoas com sintomas de febre

A maior parte dos entrevistados (123) disseram que querem um sistema de compensação, isto é, auxílio financeiro aos trabalhadores da saúde que trabalham na linha de frente no combate a pandemia de SARS-CoV-2 e que acabam se contaminando no processo.

Além disso, 100 instituições querem que os profissionais recebam um aumento no salário por trabalhar em condições insalubres. Os pesquisadores (Ibaraki Medical Association) solicitaram aos cidadãos que informem os hospitais sobre seus sintomas antes de uma visita.

Produtores de matcha distribuem pó de chá verde em creches de Tokyo

Uma série de produtores de matcha na região de Tokyo decidiram distribuir milhares de embalagens de chá verde em pó na creche Fujisawa Daini Hoikusho, a primeira a ser contemplada pela iniciativa em dezembro de 2020.

O objetivo é tentar conter a propagação do novo coronavírus na região. A esperança está em uma substância presente no matcha, a catequina, uma substância potencialmente inibidora do vírus.

Crianças consumindo pó de marcha na creche Fujisawa Daini Hoikusho em dezembro de 2020

As embalagens com 4g normalmente são misturadas com água para beber ou gargarejar, no entanto, existem outras formas de consumir o produto com receitas.

Além disso, com a queda nas vendas, distribuir o chá foi uma solução para promover os produtos.

Há planos para expandir essa operação e fornecer o pó de chá verde para outras instituições, como clube de idosos, escolas do ensino fundamental, médio e museus. O grupo formado por 14 produtores locais já forneceu 24.750 kits, cada um com 10 sachês.

Nova técnica de envelhecimento de vinho no fundo do mar começa a revitalizar o leste do Japão

Na cidade de Miura, prefeitura de Kanagawa, um pescador local retirou do mar cerca de 400 garrafas de vinho que foram envelhecidas por seis meses a uma profundidade de 10 metros no mar. As garrafas foram confiadas a Hiroshi Deguchi, 58 anos, por hotéis da região.

Membro de um conselho de promoção e revitalização do turismo da região, o projeto começou em 2018, mas na época não foi possível retirá-las, pois as garrafas foram depositadas em um local com correnteza muito forte.

Garrafas de vinho envelhecendo no fundo do mar
Técnica de envelhecimento de vinho no fundo do mar

A partir de 2019, o projeto deu frutos. Depois de seis meses em águas mais calmas, o vinho ficou no ponto esperado e houve uma festa para degustação. A técnica consiste em deixar as garrafas de na areia do mar em uma profundidade em que os raios UV não interfiram no processo.

Todo o projeto só foi possível depois de um naufrágio de um navio com um carregamento de vinho. Descobriu-se que o envelhecimento no mar deixou as bebidas com um sabor extremamente sofisticado.

Além disso, no mar de Miura a uma profundidade 10 metros, a temperatura da água se mantém entre 12°C a 14°C. Além da temperatura ideal, as vibrações das ondas geram reações perfeitas para o envelhecimento do vinho.

A iniciativa dos hotéis da região de comprar e comercializar essas garrafas contribuíram para o aumento da renda dos pescadores locais que sofrem diretamente com o aquecimento global e a diminuição da pesca.

Gigantes das telecomunicações do Japão deverão entrar em guerra de tarifas a partir da primavera de 2021

As principais companhias de telecomunicações do Japão – NTT Docomo, KDDI e SoftBank – deverão entrar em uma guerra de tarifas para angariar o maior número possível de clientes, algo que será benéfico aos consumidores.

Planos de telefonia e celulares no Japão
Planos de telefonia e celulares no Japão

A KDDI, por exemplo, terá planos diários com uso ilimitado por JP¥ 200 (R$ 10,54) e planos mensais com 20gb por JP¥ 2.480,00 (R$ 130,73), planos que competem com as principais rivais da companhia. Além disso, o presidente da KDDI, Makoto Takahashi, disse que há muitas formas da empresa reduzir seus preços.

Novos planos de telefonia foram anunciados pela NTT Docomo e SoftBank em dezembro com preços até 20% mais baratos. Outra companhia que está entrando na briga para a disputa pelo mercado de telefonia no país é a Rakkuten Mobile.

Chip SIM das maiores operadoras japonesas
Principais concorrentes no mercado de telecomunicações do Japão

Apesar da polêmica envolvendo a Rakuten Mobile em uma acusação da SoftBank de espionagem industrial (um ex-funcionário da SoftBank roubou informações sobre a rede 5G da empresa e foi contratado pela Rakuten no dia seguinte a saída de seu antigo emprego), a Rakuten vem se tornando um competidor nos últimos anos no mercado 4G e 5G.

Essa nova guerra de preços foi iniciada pelo governo japonês quando o primeiro-ministro Yoshihide Suga anunciou que os planos de dados oferecidos pelas companhias de telecomunicação devem reduzir os valores oferecidos no país

0 comentário em “Giro de notícias do Japão: 25 de janeiro de 2021, segunda-feira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s