Shochu bebida japonesa
Variados

Shochu: aprenda tudo sobre essa bebida e 7 formas de apreciar

Veja como fazer shochu de chocolate quente e mais seis opções deliciosas

Shochu é uma bebida japonesa alcoólica feito do destilamento de ingredientes tradicionais japoneses. É feito com arroz japonês, cevada, batata-doce, trigo ou açúcar marrom.

O resultado é um sabor bem gostoso para relaxar em um dia quente, como em versões quentes e aconchegantes. Para completar, os drinks com shochu ficam ótimos.

Como beber shochu

Como beber shochu

O shochu é uma bebida versátil e pode ser servida de acordo com o gosto. Abaixo conheça 7 opções muito boas e apreciadas no Japão.

1. Puro com gelo

Shochu on the rock

A forma mais popular de beber shochu é puro com pedras de gelo. Uma forma bem refrescante, mas neste caso deve-se escolher uma bebida de qualidade. Explicaremos esse detalhe mais abaixo na parte de tipos de shochu.

2. Shochu de chocolate quente

Shochu com chocolate

Uma das versões mais famosas é o shochu com chocolate quente. A bebida possui uma textura aveludada e encorpada, prefeita para noites de inverno.

Ingredientes

  • 70 gramas de chocolate amargo 70%;
  • ½ copo de leite integral;
  • 2 colheres de sopa de shochu de batata-doce.

Modo de preparo

Fazer o shochu de chocolate é bem simples. Misture em uma tigela, o leite e o chocolate. Leve ao micro-ondas até o chocolate derreter e formar uma mistura cremosa com o leite. Depois, é só adicionar o shochu e misturar.

3. Maewari

dois copos com shochu

É só diluir 4 partes de shochu com seis partes de água e deixar descansar por um dia. Dessa forma, o sabor se torna mais maduro e delicado.

4. Oyuwari

Copo alto com shochu gelado com folha de shiso

Dilua 2 partes de água gelada com 3 partes de shochu e beba como se fosse apreciar um vinho.

Leia também

Wagyu: aprenda sobre essa carne que é uma iguaria no Japão

Panqueca japonesa: conheça seis tipos diferentes

Receita de salada de pepino japonês e um guia completo sobre as preparações e vinagres

5. Mizuwari

shochu misturado com água quente

Dilua 2 partes de água quente com 3 partes de shochu. Adicione a água quente primeiro e depois o shochu.

6. Soda-wari

Shochu com água com gás e rodelas de limão

Misturar o shochu com água com gás para um resultado refrescante. No verão, se adiciona suco de frutas cítricas e a bebida é servida com rodela de limão.

7. Kokuto shochu

Kokuto Shochu

O Shochu feito de açúcar mascavo é misturado com folhas de shiso em uma taça de mojito.

É uma bebida forte?

Geralmente, o shochu tem 25% de teor alcoólico e pode chegar a 30%. Isso faz dele uma bebida mais forte do que saquê, vinho, mas não é tão forte quanto vodka.

Posso beber shochu puro?

Sim. No Japão, a forma mais popular é diluir para mudar o sabor e deixá-lo menos forte. Diluído esta bebida fica com 12 a 15% de teor alcoólico.

É parecido com vodka?

Segundo uma entrevista da sommelier especializada em shochu, Yukari Sakamoto, para a Boutique Japan, chamar o shochu de vodka japonesa é um erro.

A vodka tem entre 35% a 45% de álcool, enquanto a média do shochu fica em 25%. Além da diferença no teor alcoólico, o shochu honkaku de melhor qualidade é destilado apenas uma vez retendo muito mais o sabor dos ingredientes.

O shochu é uma bebida popular?

Sim, é bem conhecido no Japão entre os amantes de bebida ou de frequentadores de happy hours. A cultura de trabalho tem um culto a bebida forte e é bastante comum que colegas bebam juntos após o expediente. O shochu acaba fazendo as vezes nesses momentos, muito mais ou tanto quanto o saquê e cerveja.

Qual a diferença entre shochu e saquê?

O modo de preparo é o que difere os dois, além dos ingredientes. O shochu é destilado como a vodka e o saquê é fermentado, como os vinhos.

Além disso, o saquê é feito de arroz ou koji (arroz fermentado embolorado). O shochu pode ser feito de vários ingredientes diferentes, indo do arroz ao açúcar marrom. O gosto do saquê é mais adocicado, mas o teor alcoólico é menor (15% em média).

Tipos de shochu

Assim como acontece com a cachaça no Brasil, no Japão existem vários tipos de shochu que diferem em sua qualidade. Basicamente tem três tipos e elas são identificadas conforme classificação conforme a lei de taxação japonesa.

Shochu Honkaku

Então, quer dizer que qualquer garrafa escrito shochu honkaku ou otsuri será de primeira qualidade, pois obedecerá um meio de produção estabelecido e específico, passando apenas uma vez pelo processo de destilação. O sabor será concentrado e o aroma rico.

O korui é destilado várias vezes deixando o sabor mais suave e sem aroma, a opção ideal para misturar em coquetéis.

O konwa é a opção mais barata depois do honkaku e um pouco melhor do que o korui, ou seja, um meio termo.

Qual o gosto do shochu?

O gosto do shochu depende do ingrediente principal e quantas vezes passou pela destilação. Os mais populares são Imo-jochu de batata-doce, mugi de cevada e kome de arroz.

Soju e shochu

O shochu é como chamam bebida no Japão, mas na Coreia do Sul ela é conhecida como soju e é muito popular, só que a forma mais consumida é puro em shot (dose única pura).

Umeshu

Umeshu

A bebida umeshu é um tipo de shochu, só que feita de ameixa misturado com açúcar. Uma boa garrafa fica ao menos um ano fechada com os ingredientes e o sabor é refrescante para o verão.

Origem

A origem da bebida é incerta, mas pode ser traçada a partir de fatos históricos e tradição de pequenos produtores de shochu.

Shochu de Satsuma Imo com tradição de 500 anos

Na ilha de Iki, um pedaço de terra no mar Genkai entre Japão e Coreia existe uma pequena família tradicional que faz bebidas destiladas Omoya Shuzo. Acredita-se que a origem do shochu feito de cevada tenha sido lá.

Omoya Shuzo foi fundado em 1924 por Kakuko Yokoyama e continuou sendo um negócio de família que passou gerações.

Já em Satsuma Imo, o shochu é feito há mais de 500 anos e era feito de arroz e grãos. Então, a batata-doce (satsuma imo) chegou ao Japão em 1605.

Chegou até a ilha Ryukyu (Okinawa) através das Filipinas vindo da China. Em 1705 passou a se espalhar por Kagoshima.

Shochu feitos por artesãos Toji

Em Kagoshima, a batata-doce chegou há cerca de 300 anos e se adaptou muito bem ao clima da região. É um alimento apreciado e valorizado pela população local, pois foi o que salvou muitas pessoas da fome em uma época de necessidades.

Portanto, em Satsuma Imo, o shochu feito de batata-doce é o mais famoso e tradicional feito por artesãos de habilidades milenares Toji.

Em 1889, a produção do shochu passou a ser regulamentado pelo governo na era Meiji. Os produtores tiveram que contratar profissionais e assim a demanda por artesãos mestres Toji surgiu.

Na região de Kumamoto existe a tradição da produção de shochu feito de arroz.

Shochu de Kyushu

Kyushu tem uma tradição em fabricação de shochu de primeira qualidade honkaku.

Por todo o Japão será possível encontrar produtores dessa bebida que usam ingredientes que variam de acordo com sua cultura e trazem uma rica e saborosa tradição. Vale a pena experimentar e usar shochu para fazer drinks para variar o saquê.

0 comentário em “Shochu: aprenda tudo sobre essa bebida e 7 formas de apreciar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s