Notícias notícias do Japão Política Sem categoria

Japão e Austrália se aproximam e fecham acordo novo para promover o comércio regional

Japão e Austrália se aproximam mais uma vez para superar uma dificuldade mútua: a recessão econômica causada pela pandemia do coronavírus SARS-CoV-2. Confira

Nesta quinta-feira (15), o Japão e a Austrália fecharam um acordo para promover o TPP (Parceria Transpacífica) e a RCEP (Parceria Econômica Regional Abrangente), dois tratados de livre comércio na região do indo-pacífico.

O objetivo dos também aliados do QUAD (coalização entre EUA, Japão, Índia e Austrália na contenção do avanço chinês na região do indo-pacífico) é revitalizar as duas economias fortemente atingidas pela pandemia de COVID-19.

Países membros do TPP (Parceria Transpacífica).
Países membros do TPP (Parceria Transpacífica).

11 nações compões o TPP: Japão, Austrália, México, Canadá, Peru, Chile, Malásia, Vietnã, Nova Zelândia, Cingapura e Brunei, no total, a zona desses países detém um mercado consumidor de aproximadamente 473,8 milhões de pessoas. Já os EUA se retiraram do acordo em 2017.

No tratado de livre-comércio RCEP fazem parte 15 nações: Japão, Austrália, Brunei, Camboja, China, Cingapura, Coréia do Sul, Filipinas, Indonésia, Laos, Malásia, Myanmar, Nova Zelândia, Tailândia e Vietnã. Esse é o maior acordo comercial do mundo.

Aprofundamento das relações bilaterais

O acordo aconteceu em uma reunião entre o Ministro da Economia, Comércio e Indústria do Japão, Hiroshi Kajiyama e o Ministro do Comércio, Turismo e Investimentos da Austrália, Dan Tehan realizada em Tokyo.

Entre as pautas estava a questão da adesão da Grã-Bretanha ao TPP. Em entrevista coletiva, os ministros dos dois países afirmaram que trabalharão para acelerar o processo dos britânicos na zona de livre-comércio.

Os ministros Hiroshi Kajiyama e Dan Tehan após reunião em Tokyo. Essa foi a terceira reunião bilateral para ampliar as parcerias comerciais
Os ministros Hiroshi Kajiyama e Dan Tehan após reunião em Tokyo. Essa foi a terceira reunião bilateral para ampliar as parcerias comerciais

Os ministros também frisaram a necessidade de uma aproximação multilateral dos membros do TPP e do RCEP para a recuperação econômica da região que ficaram fortemente abaladas pela consequência da pandemia.

Outro tema importante foi a questão energética. Para discutir o assunto, o Ministro da Energia e Redução de Emissões, Angus Taylor, participou virtualmente da reunião.

O ministro japonês afirmou durante o encontro: “É oportuno ter uma abertura para diálogos estratégicos que abranjam questões comerciais e energéticas”.

Diplomacia e adversários

A região do sudeste asiático e o indo-pacífico se tornou a maior região comercial do mundo e poderá aumentar se a Índia decidir participar do RCEP. Porém, há muitos competidores na arena internacional.

Para muitos países, o maior desafio que a região enfrenta é a China, mas o sucesso econômico do Vietnã, Indonésia, Coreia do Sul e outros como a Malásia não podem ser desconsiderados.

Países que compõem o RCEP (Parceria Econômica Regional Abrangente)
Países que compõem o RCEP (Parceria Econômica Regional Abrangente)

Além disso, é justamente nos países da RCEP onde se concentram a maior parte das cadeias produtivas modernas. Com a guerra comercial entre EUA e China, muitas empresas estão considerando outros países para sediar suas fábricas e reduzir o custo de produção.

Em comunicado, as autoridades japonesas informaram: “Os ministros estavam unidos em seu compromisso com o livre-comércio justo, com princípios fundamentais e consolidando o fortalecimento do sistema de comércio multilateral baseado em regras”.

Parcerias para o meio ambiente

Japão e Austrália também concordaram em trabalharem juntos na descarbonização do meio ambiente por meio de pesquisa e investimento em novas tecnologias que reduzam as emissões dos gases do efeito estufa.

Hiroshi Kajiyama, Ministro da Economia, Comércio e Indústria do Japão. Foto por Tomohiro Ohsumi/Bloomberg
Hiroshi Kajiyama, Ministro da Economia, Comércio e Indústria do Japão. Foto por Tomohiro Ohsumi/Bloomberg

Uma ideia já acordada fala sobre o uma tecnologia capaz de capturar CO2 na atmosfera e armazenar em uma instalação subterrânea. Há outros projetos sobre energia baseada em hidrogênio.

A relação entre os dois países se aprofunda na medida que os desafios estratégicos de ambos têm muitos pontos convergentes. Nos próximos anos, os dois parceiros QUAD terão laços profundos e um forte intercâmbio político, econômico e militar.

0 comentário em “Japão e Austrália se aproximam e fecham acordo novo para promover o comércio regional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s