Pessoa lendo notícias no Japão
coronavírus no Japão Covid-19 no Japão Notícias notícias do Japão

Giro de notícias do Japão: 14 de janeiro de 2021, quinta-feira

Veja o avanço do coronavírus no Japão, detalhes do cenário econômico do Japão, uma petição para assina

Em um único post, confira uma seleção de resumos das notícias do dia saídas e traduzidas dos principais portais de notícias no Japão. Confira temas de categorias diferentes, como política, entretenimento, sociedade e mais. Se atualize e saiba o que aconteceu no país de uma vez só em poucos minutos.

COVID-19 nas últimas 24 horas

Nas últimas 24 horas, Tokyo atingiu o acumulado de 80.068 contaminados pelo novo SARS-COV-2. Foram 1.502 novos casos registado na capital japonesa nessa quinta-feira (14).

A tendência de contaminação da população mais jovem e economicamente ativa – faixa etária entre 20 a 39 – continua nos últimos dias. Dos 1.502 casos em Tokyo, 672 pertenciam ao grupo.

População japonesa transitado em meio a pandemia de COVID-19
Japoneses transitam em meio a pandemia de SARS-COV-2

Outras regiões também enfrentam o aumento das contaminações, são elas Kanagawa (985), Osaka (592), Chiba (488), Saitama (455), Fukuoka (341), Aichi (312), Hyogo (292), Hokkaido (194), Kyoto (131), Shizuoka (110), Ibaraki (104), Gifu (91), Miyagi (87), Tochigi (77), Okinawa (70), Kumamoto (67) e Nagano (51).

Em todo o país foram registrados 6.566 novos casos de COVID-19 e 61 óbitos decorrentes da doença.

Estímulo econômico japonês salvou empresas da falência

Devido a pandemia da COVID-19, o Japão teve uma queda brusca no seu PIB (Produto Interno Bruto), embora o ano fiscal de 2020 ainda não tenha acabado, as projeções mais realistas supõem queda de 7,9%.

Apesar do mau ano, os programas de estímulos econômicos salvaram muitas empresas da falência. Na verdade, é o melhor índice em 31 anos.

Primeiro ministro japonês Yoshihide Suga anuncia estimulo financeiro
Governo japonês anuncia pacote de estímulo a economia.

Negócios e empresas que com dívidas de JP¥ 10 milhões (R$ 500.703,30) caíram 7,9% em relação a 2020. No entanto, 792 empresas fecharam por razão da pandemia.

Já as pequenas empresas com dívidas abaixo de JP¥ 10 milhões subiu 23%, como resultado, 2.596 empresas ligadas ao setor de turismo, hotelaria e o setor alimentício – bares e restaurantes – fecharam suas portas, 630 a mais em relação ao fiscal de 2019.

Sociedade civil se articula para que Japão seja signatário do acordo de banimento de armas nucleares

Uma petição lançada pelos sobreviventes dos ataques nucleares perpetrados pelos estadunidenses em Hiroshima e Nagasaki pelo banimento de armas nucleares em posse ou território japonês já conta com mais de 10% da população.

Campanha pela proibição das armas nucleares
Campanha em prol da adesão ao TNPW

A notícia ainda em 2019 de que o Japão não será signatário do TPNW (Tratado sobre a Proibição das Armas Nucleares) pegou o mundo de surpresa uma vez que o país foi o único a sofrer não um, mas dois ataques na segunda guerra mundial.

O portal Japão Real dedicou um artigo completo sobre o tema, para acessá-lo, clique em Japão decide não assinar Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares da ONU em 2021.

A Nihon Hidankyo (Japan Condeferation of A- and H-Bomb Sufferers Organization) coletaram assinaturas pela internet e pelas ruas do Japão e conseguiram até 13.702.345 assinaturas exigindo que o Japão assine o tratado que entrará em vigor no dia 22 de janeiro.

Evento online para divulgação da assinaturas pelo TNPW
Evento online de divulgação das assinaturas recolhidas na petição Appeal of the Hibakusha para as Nações Unidas

Além dos cidadãos regulares, 1.497 autoridades do país, incluindo ex prefeitos e governadores também assinaram a petição (Appeal of the Hibakusha, O Apelo dos Hibakusha) que foi apresentada ao Japão em um evento online no dia 13 de janeiro (quarta-feira).

Estado de emergência no Japão apresenta sérias contradições

Apesar da extensão do estado de emergência no Japão para 11 das 47 prefeituras do país, sérias contradições são vistas todos os dias, especialmente na capital japonesa.

Em Tokyo, ainda que uma restrição em relação ao transporte ferroviário aos fins de semana e o último trem, as estações da maior cidade do mundo continuam com um fluxo gigantesco de passageiros todos os dias.

Bloqueio de acesso do sistema ferroviário de Tokyo
Passageiros do sistema de transporte público ferroviário de Tokyo em meio a pandemia do novo SARS-COV-2

A situação se torna particularmente crítica, pois muitos que trabalham e estudam em Tokyo não são residentes, embora passem a maior parte do tempo na cidade.

Um funcionário da JR Nagoya disse em entrevista ao Asahi Shimbum sob condição de anonimato que atualmente o volume de passageiros é ligeiramente menor do que a média antes da pandemia.

0 comentário em “Giro de notícias do Japão: 14 de janeiro de 2021, quinta-feira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s