Giro de notícias do Japão
notícias do Japão

Giro de notícias do Japão: 18 de dezembro de 2020, sexta-feira

O dia no Japão foi marcado pelo anúncio de um plano de recuperação para deixar a meta de inflação controlada, uma forte nevasca que deixou motoristas dois dias presos na estrada, pagamento de valores a moradores de Fukushima, cancelamento dos trens 24 horas do final de ano, anúncio do desenvolvimento de um novo sistema de defesa e o término da restauração da pagoda do templo Yakushi-ji.

Em um único post, confira uma seleção de resumos das notícias do dia saídas e traduzidas dos principais portais de notícias no Japão. Confira temas de categorias diferentes, como política, entretenimento, sociedade e mais. Se atualize e saiba o que aconteceu no país de uma vez só em poucos minutos.

Notícias do Japão – 18 de dezembro de 2020, sexta-feira

O dia no Japão foi marcado pelo anúncio de um plano de recuperação para deixar a meta de inflação controlada, uma forte nevasca que deixou motoristas dois dias presos na estrada, pagamento de valores a moradores de Fukushima, cancelamento dos trens 24 horas do final de ano, anúncio do desenvolvimento de um novo sistema de defesa e o término da restauração da pagoda do templo Yakushi-ji.

Banco do Japão apresentou plano para meta de inflação

Com os impactos econômicos causados pela pandemia da COVID-19, o Banco do Japão precisou revisar seus planos para conseguir manter a meta de inflação em 2%.

No entanto, manter o controle dos preços dentro do país dependeu de prolongados estímulos do estado na economia.

Haruhiko Kuroda, governador do Banco do Japão (BOJ) afirmou o compromisso do banco em fazer um ajuste em suas operações de mercado e compras de ativos para controlar a curva de rendimento.

Banco do Japão (BOJ)
Banco do Japão (BOJ)

Entre as medidas adotadas pelo BOJ estão a compra de dívidas corporativas e empréstimos para pequenas empresas.

Como os juros mantem-se negativos a curto prazo (-0,1% em taxas de curto prazo e 0% para rendimentos de 10 anos), os pequenos negócios terão condições de enfrentar as incertezas da recuperação econômica de 2021.

“O Banco do Japão não mudará sua estrutura política, mas pode revisar componentes de compra como os de ETF’s (Exchange-Trade Found, fundo de investimento negociado no mercado como ações), compra de títulos e sua visão sobre o que constitui uma curva de rendimento apropriada” – Yasunari Ueno, economista-chefe de mercado da Mizuho Securities

Além disso, o banco também está preparado para estender o prazo do pacote de auxílio a economia a depender dos desdobramentos da economia durante a pandemia do COVID-19. O BOJ divulgará os resultados da revisão em março de 2021, final do ano fiscal de 2020 do Japão.

Nevasca em Niigata deixe uma multidão presa no trânsito

Centenas de motoristas ficaram presos na Kan-etsu Expressway, rodovia que conecta Niigata a prefeitura de Tokyo devido a forte nevasca que começou em 16 de dezembro.

Nevasca Kan-etsu Expressway
Nevasca que começou em 16 de dezembro na prefeitura de Niigata – Kan-etsu Expressway

De acordo com a NEXCO East (East Nippom Expressway Co.), mais de mil veículos ficaram presos entre Uonuma e Shiozawa. A nevasca também causou transtornos nas rodovias expressas da prefeitura de Gunma.

Por causa do mau tempo, muitos motoristas passaram dois dias presos em seus carros. Para evitar que o gás carbônico entrasse nos veículos, foi necessário retirar as camadas de gelo do escapamento dos carros.

Durante o período do dia 16 até a manhã de 18 de dezembro quando a SDF (Forças de Autodefesa) trouxe comida e combustível para as pessoas, muitos viajantes receberam a ajuda de um caminheiro que transportava uma remessa de produtos feitos pela Iwatsuka Confectionery Co (doação concedida de bom grado pela empresa).

A limpeza da estrada continua enquanto a pista de acostamento foi liberada, no entanto, há ainda havia muitos caminhões ao meio dia do dia 18.

Plano de realocação pagará mais JP¥ 2 milhões aos afetados por Fukushima

Quase uma década depois de uma das piores tragédias naturais da história moderna – terremoto seguido de tsunami – o governo japonês pagará até JP¥ 2 milhões (R$ 98.472,92) para as famílias que viviam próximo a planta nuclear n°1 e tiveram que se mudarem da região.

Além do valor para as famílias, o governo também pagará JP¥ 4 milhões (R$ 196.954,84) para que os pequenos empresários e empreendedores das 12 cidades e vilarejos comprometidas pela usina para recomeçarem seus negócios.

Não há precedentes de recuperação nesse esforço das autoridades japonesas. A medida acontece após 20% da população retornar para a região mesmo após a ordem de evacuação.

Cidade de Futuba, prefeitura de Fukushima
Cidade de Futuba afetada pelo acidente na planta da usina nuclear Daiichi Fukushima I – prefeitura de Fukushima

O governo trabalhará com pagamentos de JP¥ 800.000,00 (R$ 39.389,17) para pessoas que vivem sozinhas e que se mudarem para cidades dentro da prefeitura de Fukushima e JP¥ 1,2 milhões (R$ 59.083,75) para quem mudar para outras prefeituras.

Já o pagamento mínimo para quem vive com mais de uma pessoa é de JP¥ 1,2 milhões para quem continuar na prefeitura de Fukushima e JP¥ 2 milhões para quem se mudar para outra prefeitura.

A Reconstruction Agency (復興庁) estima que cerca de 300 famílias sejam realocadas das áreas de risco até o verão de 2021.

JR East cancela os trens 24 horas de fim de ano

A companhia ferroviária japonesa em conjunto com o governo anunciou que não haverá o habitual transporte 24 horas de fim de ano.

Além da JR East, a Tokyo Metro Co., Keikyu Corp., Keisei Electric Railway Co., Keio Corp., Tokyo Waterfront Area Rapid Transit Inc. e o Departamento de Transporte do governo metropolitano de Tóquio também adotaram a mesma medida para conter o avanço da COVID-19.

Monotrilho de Tokyo
Monotrilho de Tokyo

Na região de Kansai, as companhias West Japan Railway Co., a Keihan Electric Railway Co., a Hankyu Corp., a Hanshin Electric Railway Co. e a Nankai Electric Railway Co. anunciaram as mesmas medidas.

Durante o período que antecede o ano novo do calendário gregoriano no Japão, há um enorme fluxo de milhões de pessoas visitando templos e santuários.

Japão desenvolverá mísseis anti navios de longo alcance em meio a tensões com a China

A escalada de tensões entre Tokyo e Beijing pelo controle de ilhotas localizadas no mar do Leste da China levou o Japão a desenvolver um novo sistema de mísseis anti navios de longo alcance.

Míssil anti navio
Design conceitual de míssil anti navio de produção nacional

O novo sistema de defesa será capaz de atingir navios de guerras a partir do sudoeste de Okinawa e será um grande fator dissuasivo para conter o avanço chinês nas pequenas ilhas que Beijing entende como suas.

Além de dissuadir a China, os novos mísseis também servirão para conter possíveis ameaças vindas da Coreia do Norte. Porém, a China segue sendo a maior preocupação para as autoridades japonesas.

Atualizações de novos radares dos sistemas anti aéreos Aegis ao custo de aproximadamente U$ 2 bilhões (R$ 10.166.000.000,00) também estão na agenda da pasta da defesa do Japão.

Apesar do anúncio (novos mísseis japoneses), ainda não foram informados os custos, quantidade de mísseis que serão produzidos nem quando entrarão em serviço.

Pagoda do templo Yakushi-ji abre para visitantes

Pagoda leste do templo Yakushi-ji abrirá para turistas entre 1° de março até o dia 30 de junho de 2021 após mais de uma década de restauração.

A pagoda tem 34 metros de altura e 1300 anos de história. Esse Tesouro Nacional foi construído no começo do século VIII e entrou em processo de revitalização desde 2009.

Pagoda do Leste
Pagoda To Toh (Pagoda do Leste), templo Yakushi-ji, – prefeitura de Nara

Descrita como música congelada por sua arquitetura com uma aparência rítmica e como os telhados se alteram entre grandes e pequenos, a Pagoda do Leste receberia uma cerimônia de inauguração na primavera.

O sacerdote Kitatsu Ikona, vice-chefe do templo de Yakushi-ji espera que muitas pessoas possam ver esse patrimônio mundial.

O valor dos ingressos varia de JP¥ 1.600,00 (R$ 78,78) para adultos a JP¥ 300,00 (R$ 14,77) para alunos do ensino fundamental.

Embora a data para visitação já esteja fixada, ainda não se sabe quando acontecerá a cerimônia de inauguração dado a pandemia da COVID-19.

Fontes: Reuters, Japan Today e Asahi Shimbun
* Valores convertidos com o aplicativo do Banco Central do Brasil em 18/12/2020

0 comentário em “Giro de notícias do Japão: 18 de dezembro de 2020, sexta-feira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s