Pessoa lendo um jornal
notícias do Japão

Giro de notícias no Japão: 7 de novembro de 2020, sábado

O dia no Japão começou com a resiliência de um daikon, entre outros. Confira!

Em um único post, confira uma seleção de resumos das notícias do dia saídas e traduzidas dos principais portais de notícias no Japão. Confira temas de categorias diferentes, como política, entretenimento, sociedade e mais. Se atualize e saiba o que acontece no país de uma vez só em poucos minutos.

Notícias no Japão – 7 de novembro, sábado

As notícias no Japão da manhã mostraram que a violência cresceu durante a pandemia, um rabanete faz sucesso em Osaka e quais serão as medidas a chegada dos atletas olímpicos.

Rabanete Daikon cresce no meio de asfalto em Osaka

O rabanete daikon tradicionalmente usado na culinária japonesa foi encontrado crescendo em uma rua movimentada perto da estação de Osaka perto da loja Hanshin no distrito Umeda.

O daikon tem feito sucesso entre quem passa e causa admiração pelo local inusitado em que cresce.

Fonte: Kyodo News

Vítimas de violência sexual cresce em 15% na pandemia

Segundo os registros de centros de suporte de vítimas de violência sexual, foram relatados 23,000 contatos entre abril e setembro. 15,5% a mais em comparação com 2019.

Os dados foram divulgados em conferência com a ministra responsável pela equalidade de gênero Seiko Hashimoto.

Ela ainda destacou a importância de o governo oferecer um suporte adequado a essas mulheres e que as pessoas devem ter consciência que existe um aumento de vítimas.

O número de abusos oriundos de aplicativos de encontro cresceu, além do aumento de casos de abuso em que as mulheres ficam presas com seus agressores em casa durante o isolamento social.

Fontes: Japan Today

Japão abrirá exceção para a chegada dos atletas das Olimpíadas

Segundo comunicado do governo japonês, os atletas e as equipes que vierem de países que foram banidos temporariamente de entrar no país poderão ir ao Japão mediante apresentação de teste negativo de coronavírus, além de se comprometer de tomar as medidas de precaução durante sua estadia.

Além disso, a saúde dos atletas será monitorada por 14 dias antes da viagem, um teste deve ser feito 72 horas antes de embarcar e outro quando chegar no Japão.

Uma reunião será conduzida na próxima quinta-feira (12/11/2020) entre os organizadores e o governo japonês.

Fonte: Kyodo News